Na madrugada desta terça-feira, 24, uma bomba explodiu no centro de Atenas, capital da Grécia, em frente a uma federação empresarial, nas imediações da Embaixada da República de Chipre. Segundo a polícia, as proximidades da embaixada ficaram bastante danificadas, mas felizmente ninguém ficou ferido. As janelas de outros quatro prédios próximos também explodiram.

A embaixada, que fica do outro lado da rua, em frente à federação, sofreu mais danos. Kyriakos Kenevezos, embaixador do Chipre em Atenas, disse à agência CNA: "A embaixada absorveu o impacto total da bomba. As janelas explodiram e há muitos danos no interior, do primeiro ao sexto andar".

Publicidade
Publicidade

Bomba explode próximo ao parlamento grego

Um jornal recebeu uma ligação anônima alertando sobre a bomba quarenta minutos antes da explosão. A polícia acredita que a explosão seja de autoria de grupos de guerrilha protestando contra as medidas austeras aplicadas pelo atual governo, pois nenhum incidente deste tipo havia ocorrido no país ao longo de 2015 - o atual Primeiro Ministro Alexis Tsipras tomou posse em janeiro. 

A bomba, colocada dentro de uma mochila na entrada da federação, próxima também ao parlamento grego, foi acionada por um timer. Um policial informou à Reuters que uma câmera de segurança captou duas pessoas usando roupas pretas e capacetes saindo do local em uma moto em alta velocidade.

Após os ataques ocorridos em Paris no dia 13 de novembro de 2015, os países que estão envolvidos no combate ao Estado Islâmico estão em alerta. Em relação ao incidente de hoje, a polícia descartou qualquer possibilidade de um grupo terrorista estar envolvido com a explosão da bomba. 

Carro-bomba explode na Grécia

Em abril de 2014, um carro-bomba explodiu em frente ao Banco Central da Grécia.

Publicidade

A explosão aconteceu horas antes da Grécia planejar sua primeira incursão nos mercados obrigacionistas, uma vez que o país atolou em dívidas há quatro anos. Nesta ocasião, um jornal também recebeu uma ligação anônima quarenta e cinco minutos antes da bomba explodir. #Europa #Ataque