Segundo a Reuters, autoridades norte-americanas anunciaram que estão fazendo buscas de um brasileiro que caiu de um navio de cruzeiro nas Bahamas, o acidente aconteceu na madrugada desta sexta-feira.

O navio em questão é o Oasis of the Seas, da Royal Caribbean Cruises, esse é o segundo maior navio do mundo em tonelagem bruta. O navio registrou o desaparecimento do homem de 35 anos pofr volta de 1h da madrugada desta sexta-feira (5), de acordo com a guarda costeira norte-americana.

Tripulantes do navio teriam visto o homem subindo na lateral do navio, segundo comunicado na empresa de cruzeiros.

Um vídeo publicado no YouTube mostra o homem sendo chamado por passageiros que o viram se segurando em um suporte de apoio do bote salva-vidas enquanto o navio se movia rapidamente durante a noite.

Publicidade
Publicidade

A busca está se realizando numa área de 145 quilômetros, segundo a guarda costeira e abrange uma área à nordeste de Mayaguana, nas Bahamas. A companhia comunicou que o homem caiu cerca de 112 quilômetros a leste das ilhas Turcas e Caicos.

Dois barcos, um helicóptero de longo alcance e um avião para resgate Hércules HC-130 estão sendo usados para realizar as buscas. O homem estava usando uma camisa rosa e bermuda branca na ultima vez que foi visto, segundo a guarda costeira dos EUA.

O Oasis of the Seas tem capacidade para mais de 5.000 passageiros e é o maior navio do mundo, junto com seu irmão Allure of the Seas (que é um pouco maior por questão de centímetros), foi inaugurado em 2009 e desde então realiza cruzeiros pelo Caribe.

O brasileiro que caiu no mar estava realizando um cruzeiro de sete dias pelo leste do Caribe , o navio já retornou ao porto de Port Everglades, na Flórida, onde fica seu porto-base.

Publicidade

O Caribe é um destino muito procurado por pessoas de todo mundo que buscam férias tranquilas e divertidas e a indústria dos cruzeiros soube aproveitar isso muito bem, construindo navios cada vez maiores e com mais atrações.

Acidentes envolvendo passageiros caindo são raros, porém acontecem, em vários casos devido a embriaguez e descuido. #Turismo #Viagem