Oscar Webb tem apenas 18 meses, mas já uma lesão para toda vida. Em um #Acidente familiar, o menino acabou perdendo o olho direito e terá que enfrentar várias cirurgias até poder receber um olho protético. Os pais de Oscar entraram em um episódio de 'Watchdog', na televisão inglesa que foi transmitido nessa quinta-feira, dia 26, onde contaram como tudo aconteceu. Após esse acidente estão relançando o debate sobre os perigos de alguns brinquedos. 

Um amigo da #Família estava mostrando o seu novo brinquedo, um helicóptero telecomandado, também designado por drone. Apesar de ter imensa experiência com esses gadgets, o homem acabou perdendo o controle do objeto quando embateu contra uma árvore.

Publicidade
Publicidade

Descontrolado, o helicóptero caiu contra o rosto de Oscar e os danos foram muito graves. 

A mãe correu com ele para o hospital de Birmingham, onde foi sendo assistido logo na ambulância. Os médicos contam agora que ao longo dessas últimas sete semanas desde que aconteceu o acidente, fizeram de tudo para recuperar o olho do menino, mas tiveram mesmo que remover todo o olho azul. O drone ao embater cortou o globo ocular ao meio e a reparação se tornou impossível. 

Amy Roberts, a mãe de Oscar, continua chocada com o que aconteceu e temendo pela saúde do filho. No episódio de 'Watchdog', da BBC, que é um seriado de jornalismo de investigação britânico, a mãe revelou que nunca viu nada assim e que não consegue esquecer a imagem de quando o menino abriu o olho durante a viagem para o hospital. 

Já de regresso a casa, Oscar voltou a brincar e a sorrir.

Publicidade

Mas, ainda falta muito caminho na sua recuperação. Até que o novo olho, que será uma prótese, possa ser colocado, o menino terá que fazer ainda várias cirurgias. 

O dono do drone que machucou o menino não voltou a fazer ele voar. Não consegue esquecer os danos que provocou na vida de um bebê tão pequeno e garantiu que só de olhar para o drone se sente "fisicamente doente", segundo está reportando o jornal DailyMail. Simon Evans juntou sua voz à de Amy Roberts, defendendo que os drones são perigosos e não deviam estar na categoria de brinquedos, um alerta que deixam em uma época próxima do Natal, para que as pessoas façam cuidado com os brinquedos que estão pensando em oferecer.  #Europa