Um casal de velhinhos foi encontrado morto de mãos dadas, em sua casa após um incêndio destruir totalmente o imóvel. A tragédia que comoveu a #China aconteceu na cidade de Xangai. Segundo informações do portal de notícias R7, a polícia local acredita em um pacto de morte entre o casal, as primeiras investigações apontam suicídio.

Saibam como tudo aconteceu

De acordo com o site de notícias chinês Shanghaiist, os velhinhos tinham a mesma idade, 85 anos, identificados apenas como senhor e senhora Zhu. Eles foram encontrados pelos bombeiros já sem vida, deitados na cama de mãos dadas. É preciso ressaltar que os bombeiros foram acionados e chegaram pouco tempo depois do início do incêndio, mas infelizmente nada mais pôde ser feito.

Publicidade
Publicidade

Suicídio premeditado

A polícia acredita em suicídio premeditado, ao que tudo indica o casal fez um pacto de morte. Vizinhos e parentes que tentaram socorrer o casal quando o fogo começou encontraram as entradas da casa bloqueadas, com móveis e pedaços de madeira que impediam o socorro imediato do casal.

Dias antes do incêndio o senhor Zhu foi visto em uma casa de produtos químicos, sua imagem ficou registrada na câmara da loja, acredita-se que nesta ocasião ele comprou algum produto com o proposito de causar o incêndio.

Um vizinho do casal que não teve seu nome revelado, tentou entrar no imóvel afim de socorrer os dois, porém sem sucesso. Entretanto ele encontrou uma carta na frente da residência, provavelmente escrita pelo senhor Zhu e assinada pelo casal. A carta estava direcionada aos amigos e familiares, agradecendo por todo apoio que vinham recebendo, ela terminava com a frase: "Estava na hora de ir".

Publicidade

Amor sem fim

Amigos, vizinhos e parentes relataram que eles estavam juntos desde a década de 50 e que eram muito apaixonados. Já há alguns anos a senhora Zhu vinha sofrendo com uma doença degenerativa e não conseguia mais se locomover. O senhor Zhu dedicava todo o seu tempo à sua esposa, cuidava dela com muito carinho e paciência.

Inclusive o senhor Zhu montou um lindo altar onde fazia diariamente suas orações em prol da saúde da esposa. O amor e carinho entre eles, chamava a atenção de todos os que conheciam. Ele se comovia com o sofrimento da esposa doente e estava sempre ao lado dela.

Uma das netas do casal os visitou duas horas antes do início do fogo, ela e outros parentes disseram que nos últimos dias o comportamento do casal estava diferente, "parecia que eles estavam se despedindo". #É Manchete! #Casos de polícia