Foi com homenagens e muitas emoções que o amistoso entre as seleções da Inglaterra e da França se realizou nesta terça-feira, dia 17, no Estádio de Wembley, em Londres.

Apenas quatro dias após os atentados terroristas que deixaram 129 mortos em Paris na última sexta-feira, dia 13, as equipes entraram em campo juntas cantando o hino francês “A Marselhesa” para homenagear as vítimas dos ataques do Estado Islâmico (EI).

Durante o jogo, torcedores presentes no estádio também exibiram cartazes com mensagens de apoio e solidariedade ao povo francês e às famílias das vítimas, e um grande mosaico com a bandeira da França foi formado nas arquibancadas.

Publicidade
Publicidade

Representantes da família real britânica também estiveram presentes em Wembley, e o Príncipe William entrou em campo ao lado do primeiro-ministro britânico David Cameron e dos treinadores Roy Hodgson (Inglaterra) e Didier Deschamps (França) carregando uma coroa de flores em homenagem aos franceses vitimados no atentado terrorista.

A partida acabou ficando em segundo plano, mas nem por isso deixou de ser um belo espetáculo. Com bonitos gols, Dele Alli e Rooney cravaram a vitória da seleção Inglesa e colocaram fim ao jejum de 18 anos sem vitória dos ingleses sobre os franceses. O último trunfo britânico havia ocorrido em 7 de junho de 1997. #Terrorismo #Europa #Futebol Internacional