Terroristas anunciaram, na tarde desta segunda-feira (16), que por 'allah' os países que atacaram a Síria terão um dia como a França. Entre ontem e hoje, o exército francês bombardeou vários pontos dominados pelos jihadistas na Síria. Dezenas de países uniram forças para lutar contra o terroristas, incluindo Rússia, Estados Unidos, China, Brasil, Reino Unido, Turquia, Índia, África do Sul, entre outros.

O #Estado Islâmico continua levando terror a vida de pessoas de todo o mundo. Depois de atacar a capital da França na última sexta-feira (13), gravam um segundo vídeo desde a tragédia fazendo ameaças contra outras nações.

Publicidade
Publicidade

No primeiro, dizia que o próximo alvo seria Roma. Um dia antes dos atentados de Paris, gravaram um vídeo onde um líder do grupo ameaça derramar sangue na Rússia como "se fosse um oceano".

Os criminosos chamam todos os países que participaram dos bombardeios como integrantes da "campanha das cruzadas". Al Ghareeb, o Argelino, vestido com um turbante, armado e rodeado por outros terroristas armados, diz que da mesma forma que atacaram o centro da França, atacarão o centro da América, em Washington. Desde o último fim de semana, Obama aumentou o esquema de segurança nos Estados Unidos, sobretudo em Washington.

Autoridades internacionais tentam identificar a autenticidade do vídeo, mas líderes mundiais já começam a agir com planos para destruir o Estado Islâmico e a melhor forma para fazê-lo é destruir as armas e reservas de petróleo dos terroristas, pois o petróleo é a principal renda do jihadistas para comprar armas e veículos.

Publicidade

Veja o vídeo abaixo (áudio original em árabe e legendas em inglês).

Posição firme do governo francês

O presidente Francês, François Hollande, anunciou que não vai parar com os ataques aéreos na Síria e no Iraque. Hollande prometeu ser implacável com os terroristas que deixaram um rastro de sangue e medo na Europa e no mundo.

Os ataques americanos

Nessa segunda-feira, o Pentágono informou que a 'coalizão antijihadista' destruiu cento e dezesseis caminhões tanque do EI. Ontem caças franceses lançaram vinte bombas na região norte da Síria, destruindo um campo de treinamento e um posto de comando dos terroristas. #Terrorismo #Ataque