Os Estados Unidos estão criticando duramente a justiça israelense depois  de dois policiais, que  foram flagrados em vídeo agredindo um jovem palestino-americano, terem sido condenados a apenas seis semanas de trabalho comunitário. John Kirby, um porta-voz do Governo dos EUA se referiu à pena aplicada aos dois homens como uma vergonha e como sendo pouco adequada tendo em conta a atrocidade que ambos cometeram.

As agressões cometidas pelos policiais aconteceram em 2014. Um grupo de extremistas israelenses entrou em um bairro do Este de Jerusalém e queimaram vivo um rapaz de 16 anos. A polícia foi chamada e no meio de alguns protestos e confrontos, dois policiais prenderam Tariq Abu Khdeir, um primo do rapaz assassinado.

Publicidade
Publicidade

Tariq, então com apenas 15 anos, foi agredido brutalmente.

As agressões ao adolescente foram gravadas em um vídeo onde a violência a que ele foi sujeito é clara. Ele foi vítima de vários murros e pontapés, sendo que, mesmo depois de ter ficado inconsciente continuou sendo agredido pelos dois homens.

Depois de Tariq Abu Khdeir ter ficado ferido e já inconsciente foi levado para a prisão, de onde viria a sair no dia 6 de Julho de 2014. Depois de ter sido libertado, o adolescente, ainda recuperando dos ferimentos, aceitou falar ao canal de televisão americano CBS.

“Eles deram-me murros e pontapés. Bateram-me na cara. Eles se certificaram de que eu não estava conseguindo ver nada. Eu já nem estava respirando”. Disse Abu Khdeir.

“Eles não pararam. Mesmo quando me estavam levando para o carro continuaram a me agredir”.

Publicidade

Acrescentou.

Em 2014, a notícia da morte do primo de Tariq provocou várias manifestações de protesto no bairro de Jerusalém onde ambos os jovens viviam. Multidões em fúria destruíram estações de comboio, entraram em confrontos com a polícia e provocaram o caos nas ruas.

Depois das críticas do Governo americano à pena aplicada aos policiais envolvidos nesse caso, é possível que o ministério público de #Israel recorra na justiça. Continuaremos a acompanhar os desenvolvimentos desse caso.

Depois de ver o vídeo o que acha da pena aplicada aos policiais? Dê a sua opinião nos comentários! #Crime #Casos de polícia