Um estudante foi morto nessa quarta-feira (4) pela polícia após esfaquear quatro pessoas na Universidade de Merced no Estado da Califórnia, Estados Unidos, informou James Leonard, um porta-voz da instituição. Os motivos e a identidade do agressor de cerca de 20 anos ainda não foram revelados.

Dois estudantes esfaqueados foram transportados para o hospital local por helicóptero, informou a escola no Twitter, enquanto as outras duas pessoas receberam os primeiros socorros no campus. "Todos conscientes," a universidade twittou sobre as vítimas.

O agressor era um residente da Califórnia, que estava vivendo em um quarto no campus, disse o Xerife do Condado de Merced, Vern Warnke.

Publicidade
Publicidade

As vítimas foram identificadas como dois estudantes, um fornecedor e um funcionário contratado na escola. As autoridades ainda investigam os motivos e não se sabe que tipo de relacionamento, se houver, existia entre o agressor e as vítimas, disse o porta-voz.

No dia da agressão, um comunicado foi exposto no topo da página oficial da instituição. “Campus fechado para investigação, aulas suspensas hoje e quinta feira”. Warnke disse que o agressor entrou em uma sala de aula cerca de 8h (14h em Brasília) carregando uma faca de caça com uma lâmina de 8 a 10 polegadas e esfaqueou um dos alunos.

O trabalhador contratado, pensando que era uma luta, entrou na sala de aula e acabou se deparando com o esfaqueamento. "Eu acho que, através de suas ações, ele acabou salvando a vida deste aluno", disse Warnke. Fora da sala de aula, o suspeito atacou um funcionário de uma empresa fornecedora que foi levemente ferido pelo estudante.

Publicidade

O suspeito fugiu do prédio e foi perseguido por dois policiais, informou outro oficial de polícia, Al Vasquez. "Quando o suspeito se deparou com os oficiais, correu e tiros foram disparados e o agressor não resistiu aos ferimentos ", disse Vasquez. Warnke disse que o esquadrão antibombas foi chamado como uma precaução porque o suspeito carregava uma mochila.

"Eventos como este costumam acontecer em outros lugares, mas não em Merced, que pode ser ainda pequena no número de habitantes, mas grande no seu senso de comunidade", disse a prefeita Dorothy Leland, em um comunicado na página da escola. Ela disse que os ferimentos não foram fatais.

A Universidade da Califórnia em Merced fica cerca de 130 milhas (200km) ao sudeste de San Francisco. A escola havia relatado inicialmente que cinco pessoas foram esfaqueadas, mas depois disse que o número era quatro. A escola disse primeiramente que todas as vítimas eram estudantes, mas também, mais tarde, disse que nem todos eram estudantes. #Crime #Violência #EUA