Após ondas de ataques terroristas que mataram dezenas de pessoas e chocaram o mundo, é ótimo noticiar que a França tem uma emocionante história para mostrar ao mundo.

Há aproximadamente um ano, na cidade francesa de Aumale, o trabalhador de uma fábrica de vidro, Jonathan Dupré, e sua esposa, Marine, descobriram que a sua pequena filha, Naelle Dupré, de apenas quatro anos de idade, estava com câncer no rim.

O tratamento de Naelle foi intenso, e após um cirurgia realizada em dezembro do ano passado, a menina passou por 31 semanas de quimioterapia, fazendo com que o seu pai esgotasse todos os dias que possuía no banco de folga da empresa onde trabalha.

Publicidade
Publicidade

Foi em momentos de apreensão com a saúde da filha e a vida profissional que Jonathan recebeu um presente inesperado de seus colegas de trabalho. Partindo do seu próprio chefe, a ideia foi coletar dias de folga dos colegas para doar a Jonathan e assim proporcionar ao amigo o tempo necessário para acompanhar e cuidar da pequena Naelle nas etapas seguintes do seu tratamento contra o câncer.

“Eu soube pelo correio. Fiquei muito emocionado. Foi um peso tirado de nós. Não tivemos problemas para realizar os exames e tratamentos.”, disse o pai da garota.

Para Naelle, a felicidade de passar por esta situação difícil, ainda mais tratando-se de uma criança tão jovem, foi muito mais fácil por teus seus pais ao lado. O tratamento realizado teve efeito positivo e a regressão no câncer da criança fez com que Naelle pudesse voltar à escola no último mês de setembro.

Publicidade

O presente dados pelos colegas de Dupré foi possível pois em 2014 a França aprovou uma lei permitindo a transferência de dias de férias ou folgas de colegas de trabalho, especificamente para que pais ou mães possam cuidar de seus filhos por motivos de doença.

Em um mundo na qual pessoas ganham espaço na mídia por ataques, mortes e tristeza, ou outros por governos corruptos, vamos seguir o exemplo francês e tornar melhor ao menos o ambiente ao nosso redor, valorizando leis, como esta francesa, e mostrando a humanidade dentre de cada um, como fizeram os colegas de Dupré, que além de proporcionar à #Família mais tranquilidade para lidar com uma situação tão delicada, permitiram à jovem Naelle uma recuperação mais intensa e feliz. #Comportamento