Neste sábado (14), o presidente da França, Francois Hollande afirmou em uma declaração a nação que os ataques nesta sexta- feira (13) em diversos pontos em Paris, " São um ato de guerra do #Estado Islâmico contra a França", segundo as informações das agências internacional.

3ª Guerra Mundial: Europa se une contra Estado Islâmico O presidente Hollande chegou no local, onde permaneceu durante 30 minutos e disse, " Há muitos feridos, feridos graves, feridos chocados com o que viram., justificando seu comparecimento no lugar onde aconteceu o atentado, " Quando os terroristas estão dispostos a comete tais atrocidades eles devem saber que irão encarar uma França determinada" e finalizou, " Iremos conduzir a luta ( contra o terroristas), e ela será implacável.

Publicidade
Publicidade

O Estado Islâmico é condenado por Hollande da França que prometeu contra-atacar

O Presidente do Estados Unidos pronunciou a favor da França e disse que estão prontos para ajudar a "responder" os atentados.

De acordo com assessoria do Itamaraty, dois brasileiros feridos dos atentados.

Hollande: 'Um ato de guerra cometido por um exército terrorista' Nesta sexta- feira (13), durante o amistoso das seleções França e Alemanha, foram ouvidas três explosões ao redor do estádio Stade de França. O jogo continuou normalmente. O Presidente Hollande foi retirado ainda no primeiro tempo. Após tiveram ataques na mesma horas em diversos pontos de Paris. O maior ataque foi na casa de show Batacan, que as primeiras notícias informaram que centenas de pessoas foram mantidas de refém. A polícia invadiu o local, quatro terrorista tinha suicidado com explosivos detonados nos cintos.

Publicidade

Já a emissora TV "BFM" e O jornal "Liveration" informam diante do procurador da França Francois Molins que cinco terrorista foram "neutralizados". As agências internacionais confirmar que oitos terroristas morreram, sendo sete suicidaram.

o Jornal "Le Monde" Divulgou o balanço provisório dos ataques:

  • 1 pessoa morreu no Boulevard Voltaire;
  • 19 pessoas morreram  e 14 ficaram feridas em frente ao bar La Belle Equie, na Rua de Charonne.
  • 78 ou 79 morreram no Batacla (incluindo 3 ou 4 terroristas)
  • 5 pessoas morreram e oito ficaram feridas na Rue Alibert.
  • Dois homens morreram nas explosões próximas ao Stade de France, que provocaram as detonações, ambos suicidas.

  #Terrorismo #AoVivo