Uma jovem foi expulsa de um voo por conta de sua saia curta, que trouxe má impressão para os funcionários da aeronave. O nome da companhia aérea é IndiGo e a mesma é considerada uma das maiores operadoras de voo na Índia. A jovem foi puxada para fora enquanto embarcava em um avião porque as autoridades aéreas consideraram seu traje como "inadequado" para o embarque.

De acordo com as autoridades, sua saia curta demais poderia chamar a atenção dos outros passageiros. Segundo o portal "The Mirror", a mulher estava tentando pegar um voo doméstico na Índia, quando, de repente, funcionários do sexo masculino chamou a atenção dela por conta da sua saia, que estava apenas acima do joelho, e disseram que precisaria ser trocada antes do embarque.

Publicidade
Publicidade

De acordo com o relato de um passageiro nas redes sociais: "ela não teve permissão para embarcar porque estava usando um vestido na altura do joelho, que foi considerado inadequado por um desgaste nas companhias aéreas que possuem vestidos do mesmo comprimento como seus uniformes de hospedeiras!". 

A companhia aérea IndiGo confirmou o incidente, porém, relatou que a mulher estava viajando como se estivesse com "amigos e familiares", o que exige que a passageira deveria ter a mesma vestimenta que se aplica a seus funcionários, ou seja, vestimenta social. 

No entanto, um porta-voz da companhia aérea disse ao portal Mirror que a mulher estava vestida de maneira adequada e não deveria de maneira alguma mudar o traje. Todos puderam ver que o pessoal obedeceu a política de maneira correta mesmo perturbando a jovem, mas pelas razões certas.

Publicidade

Mesmo a mulher julgando que não estava vestida de maneira inadequada, decidiu aceitar a oferta de mudança e foi colocada em um voo posterior. Resolvendo assim toda a situação deplorável. 

A mulher decidiu falar com os gestores da companhia aérea, que ficaram do seu lado e lhe asseguraram que os membros da equipe que a ofenderam por conta das vestimentas serão colocados outra vez em treinamento. Apesar da humilhação e ofensas diante dos funcionários, a moça conseguiu embarcar com vestes mais "decentes" para a ocasião. #Curiosidades #Comportamento #Blasting News Brasil