Nasceu, nos Estados Unidos, uma nova espécie de felino, um tipo de gatos que tem semelhanças com uma criatura mitológica que faz parte do nosso imaginário, nada mais, nada menos do que o lobisomem. Essa nova espécie foi, inclusive, batizada de Lykoi, uma palavra de origem grega que significa lobo, um nome que não poderia ser mais adequado.

Segundo o Dr. Johnny Gobble, um veterinário e criador de #Gatos, esses gatos lobisomem surgiram há cerca de 20 anos através de uma mutação natural que começou a aparecer nos gatos domésticos de pelo curto. O próprio Dr. Gobble acompanhou a evolução dessa raça de felinos e está criando esses #Animais desde 2010.

Publicidade
Publicidade

Os Lykoi têm um padrão único no mundo, os gatos têm muito pouco pelo, sendo que, alguns deles podem mesmo nascer sem pelos, como os animais da espécie Sphynx. Eles só têm uma camada de pelo  e a falta deles ao redor dos olhos, boca e nariz.

O veterinário descreve a esses gatinhos como “pequenos cães de caça extremamente leais aos seus donos. São animais com sentidos muito apurados e muito inteligentes. Eles estão sempre atentos a tudo o que os rodeia e são extremamente brincalhões”.

Nem todo mundo gosta dos Lykoi

Gobble revelou ainda à ABC News que “Há pessoas que se assustam com os Lykoi e que os odeiam completamente” referindo a quem pensa que eles foram modificados geneticamente. O veterinário e especialista nesse tipo de felinos já escreveu e garantiu que o DNA dessa espécie foi testado e foi comprovado que a sua aparência não é causada por uma doença ou distúrbio.

Publicidade

Ele disse ainda que eles são saudáveis e que os únicos problemas de saúde que podem ter, são os mesmos que qualquer gato comum enfrenta ao longo da sua vida.

Se você quer um Lykoi então vai ter de esperar. O Dr. Johnny Gobble disse que, nesse momento, não há gatinhos disponíveis para compra ou adoção, no entanto existe uma lista de espera para quando eles estiverem disponíveis. Os preços variam entre US$1.500 para um gatinho azul e US$2.500 para um preto.

Gostou de conhecer essa nova espécie? Gostaria de ter um? #Natureza