Foi divulgada nesta terça-feira, dia 17, as imagens de um homem-bomba suspeito de ter se explodido na frente do Stade de France, em Paris, durante os ataques da última sexta-feira, dia 13.

A polícia francesa também encontrou um passaporte localizado próximo aos corpos de três terroristas que se detonaram com explosivos em frente ao estádio onde era realizada a partida entre França e Alemanha.

O documento está registrado no nome de Ahmad Al Mohammad, nascido em 10 de setembro de  1990 em Idlib, na Síria. A polícia ainda trabalha para verificar se o passaporte é autêntico, mas acredita-se que o documento não pertencia a um dos terroristas.

Publicidade
Publicidade

De acordo com Thomas de Maizière, ministro do Interior da Alemanha, o passaporte teria sido um truque realizado pelo Estado Islâmico (EI), para criar uma falsa pista e confundir os investigadores na busca pela real identidade dos terroristas.

Segundo o ministro, um passaporte com o mesmo nome foi encontrado com uma pessoa na Sérvia, o que pode indicar a ação do EI para despistar os investigadores. Maizière afirmou que as autoridades francesas e alemãs já estão em contato com a Sérvia para averiguar a situação. #Terrorismo #Europa #Estado Islâmico