Explosões causadas por fogos de artifício foram seguidas de incêndio no palco de uma boate em Bucareste, capital da Romênia, resultando em 27 mortes e mais de 150 feridos, na última sexta feira (30).

O saldo de mortos e feridos foi anunciado pelo ministro do Interior, Gabriel Opre. O incêndio ocorreu no palco montado no porão do Clube Colectiv, situado na capital romena. 

Algumas testemunhas disseram à TV Antena 3 que havia no local, entre 300 e 400 pessoas, a maioria jovens, e apenas uma saída, quando estava sendo apresentado um show do grupo de heavy metal Goodbye to Gravity. Então, foram acendidos fogos de artifício na boate como parte da performance do show.

Publicidade
Publicidade

A televisão noticiou cenas de pânico e correria para a saída e o serviço de emergência chegou 11 minutos após a primeira chamada.

Outra empresa de radiodifusão, a Digi 24, citou outras testemunhas, que disseram que uma explosão ocorreu após uma faísca no palco que investiu perto do mobiliário de poliestireno. Victor Ionescu, um jovem que estava na casa noturna com sua namorada, disse ao telefone que depois da explosão, foram levantadas altas chamas e pessoas desmaiaram por causa da fumaça, houve pânico e as pessoas pisotearam umas nas outras.

Outro jovem entrevistado pela TV Antena 3, falou de pessoas com pele e cabelos queimados pelas chamas. Raed Arafat, um diretor do Ministério da Saúde, informou que os hospitais em Bucareste estão tratando as pessoas que inalaram fumaça e que sofreram queimaduras e apresentaram outros vários tipos de ferimentos.

Publicidade

"É uma tragédia sem precedentes, e também uma operação de resgate sem precedentes ", disse Arafat.

O presidente romeno Klaus Johannis, enviou suas condolências as famílias, e disse que estava considerando a possibilidade de proclamar um dia de luto nacional.

O Ministério da Saúde disse que no local foram enviadas 60 ambulâncias, além carros do corpo de bombeiros, enquanto fora do local, foi criado um hospital móvel. Cerca de 50 pessoas foram hospitalizadas no hospital de emergência Floreasca. O ministro da Saúde Nicolae Banicoiu exortou a população a doar sangue para ajudar os feridos . #Europa #União Europeia #É Manchete!