Como informamos mais cedo, pelo menos dois brasileiros estão entre as vítimas nos ataques terroristas que atingiram a capital da França, Paris, nesta sexta-feira, 13. No início da madrugada deste sábado, 14, Maria Edileuza Fontenele Reis, que é cônsul-geral do Brasil no país vítima da barbárie deste fim de semana, deu mais detalhes sobre o estado de saúde dos dois brasileiros. De acordo com a cônsul, os brasileiros estavam jantando no restaurante Le Petit Cambodge. O estabelecimento fica no décimo distrito da capital francesa. No local, dezenas de pessoas foram mortas e outras feridas. 

De acordo com informações da BBB Brasil, dos dois brasileiros, um deles levou três tiros nas costas.

Publicidade
Publicidade

O estado dele é gravíssimo. Até o fechamento desta reportagem, por volta dos trinta minutos de sábado, ele seguia sendo operado em um hospital francês. O homem que não teve o nome identificado para preservar sua identidade e sua família é um arquiteto. Ele estava jantando com amigos em um restaurante. No mesmo local, outra brasileira, uma estudante, ficou ferida. O estado de saúde dela é menos preocupante, já que o tiro que ela levou foi de raspão. A jovem foi atendida ainda com consciência. 

A cônsul disse ainda que as famílias estão sendo avisadas e que tudo o que o consulado pode fazer está fazendo. A jovem que levou o tiro de raspão moraria na cidade de Paris.  A representante do Brasil na França disse que o caso está sendo tratado com muita apreensão. O arquiteto em estado gravíssimo estaria acompanhado de um professor, que está atualizando a todo o momento o seu estado de saúde.

Publicidade

Não há previsão para o término da cirurgia. 

De acordo com informações da imprensa francesa, apenas no restaurante onde os brasileiros foram atingidos, de vinte a trinta tiros foram disparados. As vítimas acreditam que as armas eram automáticas, devido a rapidez como tudo ocorreu. Até o fechamento desta matéria, somados todos os ataques, já eram contabilizados mais de 140 mortos. A maior parte deles em uma casa de show. #Terrorismo #Ataque #Crime