A pequena J'zyra Thompson, de apenas 19 meses, morreu após sofrer queimaduras graves por ter sido colocada dentro de um forno por um de seus irmãos de 3 anos de idade, em Houston, no estado do Texas, Estados Unidos.

A garota foi deixada sozinha em casa juntamente com seus irmãos, o mais velho com apenas 5 anos, e os outros dois, ambos com 3 anos, enquanto a mãe das crianças, Racquel Thompson, e seu namorado, haviam saído para comprar pizza. Enquanto estavam sozinhos, um dos irmãos, de 3 anos de idade, colocou J’zyra dentro de um forno e as outras crianças o ligaram, para “esquentar”.

Ao retornar à sua casa e presenciar o fato, Racquel tentou realizar ressuscitação cardiopulmonar em sua filha, sem obter sucesso.

Publicidade
Publicidade

Então, ligou para o serviço de emergência, que, ao chegar ao local, constatou que não havia mais nada a ser feito, pois a menina já estava morta, apresentando graves queimaduras pelo corpo.

Dois dos irmãos foram ouvidos por investigadores da agência Texas Child Protective Services (Serviços de Proteção à Criança do Texas), relatando o que aconteceu durante a “brincadeira” às autoridades. Disseram ainda que J’zyra começou a chutar a porta do forno após este ter sido ligado, mas que não a retiraram de dentro do utensílio doméstico.

Mãe das crianças já tinha problemas com as autoridades

A agência Child Protective Services (CPS) iniciou uma ação legal, com o intuito de assumir em caráter de urgência a custódia das crianças, e documentos judiciais apontam que uma ação criminal será movida contra Racquel Thompson.

Publicidade

Em um e-mail divulgado pelo CPS, Estella Olguin, porta-voz agência, declarou que Racquel já havia tido problemas por causa de suas responsabilidades como mãe perante as autoridades anteriormente, uma vez que havia sido relatado que as crianças eram vistas muitas vezes saindo sozinhas de casa, sem qualquer supervisão de um adulto.

Frederick Price, que é o pai das crianças de 3 anos de idade e está separado de Racquel há algum tempo, afirmou que vai tentar obter a custódia dos filhos. A respeito de J’zyra, Price declarou: "Ela era um lindo bebezinho. Eu só não sei se era minha filha ou não”, ressaltando que nunca havia feito um teste de paternidade para confirmar o fato. #Crime #EUA #Investigação Criminal