O Boeing 777, que realizava o voo JJ8065 da Espanha até São Paulo, precisou retornar para Madri após receber avisos via rádio de que haveria uma suposta bomba dentro da aeronave. O avião pousou sem qualquer problema e a tripulação foi evacuada em segurança.

O Boeing da TAM tinha como destino final o Aeroporto Internacional de Guarulhos e já sobrevoava o Marrocos, quando precisou fazer o retorno. No momento do aviso, a aeronave já havia prosseguido duas horas e meia de seu trajeto. O pouso na capital espanhola ocorreu por volta das 21:30 dessa noite de segunda-feira, 14.

A empresa aérea TAM deixou claro, em um comunicado oficial, que todos os passageiros do voo JJ8065 vão receber toda a assistência necessária durante o período que precisarem ficar na Espanha.

Publicidade
Publicidade

Ainda não se sabe se as suspeitas eram alarme falso ou se havia alguma evidência terrorista no voo. Autoridades policiais fazem as devidas investigações e averiguações na aeronave.

Uma fase de guerra

O mundo tem vivido um verdadeiro clima de guerra por conta dos constantes ataques e ameaças vindas de grupos terroristas. Recentemente, um avião russo foi abatido por combatentes do Estado Islâmico e há um mês ocorreu o massacre de Paris, no qual o objetivo principal dos criminosos era adentrar o estádio da França, onde ocorria um amistoso de futebol entre as seleções da França e Alemanha, e acionar o dispositivo de explosivos.

Ao perceber atitude estranha do terrorista, um segurança impediu a sua entrada, ocasião em que o homem evadiu-se do local e para não ser pego preferiu acionar o dispositivo, explodindo e causando a própria morte.

Publicidade

Atenção redobrada

Após um avião russo ser abatido pelo #Estado Islâmico e cair no Egito, matando mais de duzentos tripulantes, autoridades de todo o mundo começaram a ser mais cautelosos com os passageiros das aeronaves e com as bagagens carregadas.

A maior parte dos voos, de qualquer porte, que são abatidos por terroristas, são 'explodidos' por radicais islâmicos, que conseguem entrar nos aviões, inclusive, como ocorreu nos ataques terroristas de 11 de setembro de 2001. #Terrorismo #Europa