O medo causado pelo aumento de combatentes do Estado Islâmico e Al-Qaeda tem deixado muito americano paranoico com medo de ser a próxima vitima. Prova disso aconteceu nessa quarta-feira, 23, quando dois cineastas brasileiros realizavam filmagens próximos do Aeroporto de Pompano Beach.

Na ocasião, uma mulher muito assustada e alterada, os acusou de serem muçulmanos terroristas e disse que eles estavam filmando o local para fazer vídeos de apologia aos atentados terroristas de 11 de setembro de 2001, quando aviões foram sequestrados e jogados contra as torres do World Trade Center, matando inúmeras pessoas. A americana foi ainda mais longe e chamou os brasileiros de pedófilos, alegando que americanos não querem a permanência de pessoas do Oriente Médio nos Estados Unidos.

Publicidade
Publicidade

O que poderia e foi uma atitude preconceituosa, acabou se tornando motivo de descontração para os brasileiros, que filmaram toda a ação da americana e ficaram rindo enquanto ela os acusava. Nick Giassi, um dos cineastas brasileiros, publicou o vídeo em sua conta do Facebook e logo o caso se tornou viral nos Estados Unidos.

Um dos rapazes disse que eles eram brasileiros, mas a americana continuou os insultando. Aos risos, um deles disse que depois ela se sentiria estúpida por aquela situação, mas ela ignorou suas falas e continuou a destilar toda a sua raiva nos dois. O pior de tudo é que ela estava em um carro, parou, os hostilizou e depois desceu do veículo para continuar os xingamentos, depois voltou, estacionou o veículo, desceu para continuar o bate boca e antes de ir embora, já no carro, ainda os hostilizou mais um pouco.

Publicidade

Ela nem mesmo se deu conta que um deles vestia uma calça com o logo da seleção brasileira de futebol.

Veja o vídeo feito pelos rapazes:

O objetivo dos amigos ao divulgarem o vídeo foi mostrar que o preconceito existe em todo lugar, além de fazer com que as pessoas vejam aquelas imagens e mostrem para as crianças o que não se deve fazer. A 'briga' durou cerca de seis minutos. Muita gente na internet ficou do lado dos brasileiros, mas teve alguns patriotas americanos que aproveitaram a divulgação do vídeo em diferentes plataformas para acrescentarem comentários xenofóbicos, racistas e preconceituosos.

O que você achou dessa situação? Opine nos comentários. #Curiosidades #Terrorismo #EUA