O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, está disposto a colocar um fim no grupo terrorista Estado Islâmico e pediu até para os muçulmanos que eles ajudem a combater as ideologias extremistas.

Em um raro discurso que foi transmitido pela TV, Obama prometeu "destruir o #Estado Islâmico", deixando claro que os Estados Unidos poderão enviar novos ataques à região onde os terroristas se encontram.

Obama disse ainda que esta não é uma guerra entre a América e o Islão e que as pessoas não devem se voltarem umas contra as outras. O tiroteio que matou 14 pessoas na semana passada já é considerado como ato de #Terrorismo e os Estados Unidos vão intensificar os ataques no oriente, enquanto aumenta a segurança por todo o país.

Publicidade
Publicidade

O presidente americano não tem mais dúvidas de que a ameaça de novos atos terroristas já é uma realidade entre os americanos, mas garantiu que o país está em alerta máximo.

Obama garantiu aos americanos que irá destruir o EI e qualquer outro grupo terrorista que ameaçar atacar o país e que as pessoas não podem abandonarem seus valores e nem se renderem ao medo, pois é isto que o grupo terrorista espera. É preciso, de acordo com Obama, ser forte, esperto, incansável e resistente.

Em seu pronunciamento, Obama ainda confirmou a luta dos militares americanos conta o terrorismo e disse que isso será feito onde for necessário, avisando que o exército irá a qualquer país para acabar com o EI e ressaltou que no Iraque, assim como na Síria, estão sendo feitos ataques aéreos na tentativa de destruir os líderes desta organização terrorista.

Publicidade

Em seu discurso, o presidente ressaltou que desde os ataques terroristas em Paris que os aliados estão contribuindo ainda mais no combate ao Estado Islâmico, incluindo o Reino Unido, Alemanha e também a França.

Especialistas tentam entender agora se este discurso foi para acalmar os americanos ou para justificar um ataque mais ofensivo ao Estado Islâmico.

Enquanto isto os americanos precisarão ter cuidado redobrado, principalmente em locais onde se encontram muitas pessoas e também nos transportes, seja metrô ou avião, mas como temos vistos, o terrorismo pode atacar todos lugares, quando menos se espera. #EUA