Hoje mais uma notícia que choca o mundo: uma  bomba foi explodida dentro de um metrô em Istambul, cidade da Turquia. Os atentados terroristas em Paris parecem ter sido apenas o começo: a Europa já teme a continuação de atentados terroristas com a morte de civis. O estado de alerta aos perigos terroristas devem estar no nível máximo pois essas ações criminosas estão aterrorizando não apenas a Europa, mas o mundo inteiro.

Explosão da bomba

De acordo com fontes, o governador do distrito,  Atilla Aydiner, confirmou que a explosão que aconteceu no metrô Bayrampasa foi consequência de uma bomba de fragmentação. As autoridades também confirmaram a existência de cinco feridos neste ataque.

Publicidade
Publicidade

O jornal O Haber Turk, inicialmente, informou que um dos passageiros feridos estava morto, mas até o momento não há informações oficiais sobre a quantidade real de mortos e feridos neste atentado.

As primeiras informações noticiavam que a explosão ocorreu no subsolo, pois houve um grande barulho da explosão. Entretanto, de acordo com a Anadolu, uma agência de notícias estatal, a explosão aconteceu em uma ponte ferroviária/rodoviária próxima da estação Bayrampasa. Dessa forma, a explosão poderia ter ainda mais feridos do que o informado até o momento. A ajuda médica e várias ambulâncias para socorrer os feridos já foram enviadas para o local.

Atualmente, a circulação de pessoas no metrô de Istambul está bloqueada para socorro dos feridos e uma possível investigação da possível cauda da explosão.

Publicidade

Segundo fontes, a explosão foi grande ao ponto de  ter  sido ouvida em diversos distritos próximos a Istambul.

Vale ressaltar que, apesar da grande suspeita da explosão ter sido realizada por motivos terroristas, não há uma confirmação oficial e o nenhum grupo terrorista assumiu a autoria do atentado. 

Neste momento, as informações continuam chegando em tempo real e a notícia poderá ser atualizada com informações oficiais do governo sobre o que aconteceu em Istambul e quais serão as medidas adotadas perante a explosão.

  #Trabalho #Vagas