Após nascer a tão esperada filha do criador do Facebook, Mark Zuckerberg, ele decidiu comemorar de uma forma não tão comum: doando US$ 45 bilhões a uma instituição de caridade. O valor, em real, chega a R$ 174 bilhões. Em uma carta dedicada à recém-nascida Max, o casal diz que fará a doação com a intenção de fazer um mundo melhor para sua filha crescer.

A instituição de caridade que vai receber é a Chan Zuckerberg Initiative, do próprio Zuckerberg. De acordo com o gênio da #Internet, a fundação busca impulsionar o potencial e promover a igualdade em áreas como saúde, educação, pesquisa científica e energia.

Na carta aberta direcionada à filha, Mark e a esposa Priscilla Chan prometeram que vão direcionar o dinheiro para o ensino personalizado, a cura de doenças e para construir comunidades.

Publicidade
Publicidade

Ainda no comunicado, o casal deixa claro que a intenção é contribuir de forma mais ativa para a comunidade, principalmente ajudar os que estão em estado de pobreza.

A carta termina com uma mensagem de Mark, dizendo que eles voltam a falar sobre o assunto assim que estiverem adaptados ao novo ritmo familiar e  depois das licenças de paternidade e maternidade.

Na semana passada, Mark Zuckerberg decidiu tirar dois meses de licença-paternidade pelo nascimento de sua primeira filha. Após isso, ele estendeu o benefício aos seus funcionários do mundo todo, mas aumentando a licença em quatro meses. A determinação antes valia apenas para os colaboradores dos Estados Unidos, mas agora é direito de todos que trabalham nos escritórios do Facebook no mundo.

Casais que adotaram uma criança ou que são formados por pessoas do mesmo sexo também terão direito ao afastamento remunerado, independente de quem é o cuidador principal.

Publicidade

A licença poderá ser dividida ao longo do primeiro ano de vida.

Preocupado com o bem estar dos seus funcionários, Mark ainda argumentou que é importante para todos os novos pais, inclusive os homens, terem mais tempo para ficarem com seus filhos, com objetivo de criar elos desde os primeiros dias de vida da criança. #Comunicação #Comportamento