Jackson Turner morreu após um trágico acidente rodoviário, na Irlanda do Norte. A colisão aconteceu neste sábado, dia 26 de dezembro, e o menino morreria, já no hospital, algumas horas após o acidente. No carro, seguiam ainda a avó que ia dirigindo e a irmã menor de Jackson, com quatro anos. As duas ficaram feridas, mas estão se recuperando. 

Já em sua casa, a mãe de Jackson contou neste domingo para o Belfast Live como aconteceu a despedida mais difícil de sua vida, quando disse adeus, pela última vez a seu filho, algumas horas antes. Os pais do menino estão naturalmente muito chocados e tentando gerir várias dificuldades.

Publicidade
Publicidade

O mais difícil é aceitar a perda de um filho, de uma forma tão súbita, mas também não vai ser nada fácil explicar para a filha de apenas quatro anos que não voltará a ver seu irmão, seu melhor amigo. 

A despedida emotiva dos pais

Após o acidente de carro, os pais de Jackson foram chamados no hospital, onde souberam que o menino estava muito mal, que a filha Ally tinha alguns ferimentos e que Margaret, avó das crianças, se encontrava com um quadro clínico complicado. Mas quem inspirava mais cuidados era o menino de sete anos, que horas mais tarde acabaria morrendo. 

Os pais seguraram sua mão e se despediram da criança, com algumas palavras emocionantes. Linsey contou desde sua casa, em Co Antrim, na Irlanda do Norte, as palavras difíceis que conseguiu dizer para o menino: "Te vejo mais tarde, jacaré.

Publicidade

Você leva meu coração com você, mas eu pegarei ele de volta quando nos virmos novamente". 

Linsey explicou que "Te vejo mais tarde, jacaré", que em inglês [See you later aligator] é uma frase muito usada para dizer um 'até já' e que ela e Jackson diziam isso todo o dia, antes da escola. Ela tentou, com muita dor, tranquilizar o menino, nesse momento tão doloroso.

"Jackson está com os anjos"

Não está sendo fácil aceitar a morte de Jackson, e a mãe ainda não conseguiu explicar para a irmã Ally, que ainda está no hospital, como vai ser agora sem o irmão. Para a menina contaram que Jackson "foi embora para estar com os anjos", mas a mãe ainda não conseguiu explicar. 

Ally está sabendo que o irmão não vai voltar, mas não compreende a razão. "Ally era sua sombra", contou a mãe, recordando que a menina seguia seu irmão para todo o lado e adorava ele. Um dia antes, a #Família tinha celebrado o Natal e foi Jackson a acordar todos para que abrissem seus presentes, em um natal cheio de presentes, amor e felicidade. Foi também o último natal com Jackson.  #Europa