O acidente aconteceu na tarde de sábado, dia 12, quando um menino de cinco anos estava brincando em um espelho de efeitos. Experimentando as ilusões que o espelho oferece, Nuno acabou por não reparar na escada e caiu de uma altura de 2,5 metros. Ao cair desamparado no chão, a criança fez um traumatismo craniano e está em coma, nos cuidados intensivos do Hospital de São João, no Porto (Portugal). Para agravar mais a ideia de uma negligência, tudo isso aconteceu em um parque temático de Natal, especial para crianças, e os pais do menino querem que a organização proteja melhor os mais pequenos desses perigos. 

Santa Maria da Feira vem sendo paragem obrigatória para os portugueses com filhos pequenos, pelos últimos anos, nessa época de Natal.

Publicidade
Publicidade

A antes conhecida por 'Vila dos Sonhos' deu nome a 'Perlim', mas tudo se mantém muito semelhante, com várias diversões para crianças e um verdadeiro mundo de magia para quem gosta do Natal. 

Pai diz que filho foi vítima de 'armadilha'

Paulo Teixeira, o pai do menino acidentado, não tem dúvidas que a organização de 'Perlim' tem culpa nesse acidente. O pai da criança contou para o jornal Correio da Manhã como tudo aconteceu e acredita que as escadas tinham que estar mais protegidas. "Era um espelho que nos faz mais gordos ou mais altos e o Nuno estava vendo como funcionava. Caiu desamparado e agora está lutando pela vida", falou Paulo Teixeira.

Para já, tudo que esse pai quer é que seu filho possa se recuperar, mas vai dando o alerta para que esses acidentes sejam evitados, na continuação dessa festa.

Publicidade

"Aquela zona não tinha segurança, nem um corrimão tinha", declarou. 

Organização nega responsabilidades

Em declarações para a Agência LUSA, Paulo Sérgio Pais, o diretor da empresa que está organizando 'Perlim', lamenta, naturalmente, esse acidente mas considera que se teria tratado de um erro da criança e não de um perigo no parque. 

"São umas escadas no interior do edifício, de acesso à cave, e estavam sinalizadas com dois pinos e um cordão entre eles", confirmou o diretor, acreditando, por isso, que o acidente aconteceu "por uma questão de desequilíbrio do menino".  #Família #Europa