Em Portugal, um casal está pedindo ajuda para salvar sua filha. Matilde tem apenas 16 meses, mas já está lutando há um ano contra uma leucemia mieloblástica aguda. Nesse momento, os médicos em Portugal já não conseguem fazer mais nada pela menina e já informaram os pais que a única cura para salvar a filha pode estar bem longe: no estrangeiro e por muito dinheiro. 

A bebê está surpreendendo até os médicos, por estar sobrevivendo a um diagnóstico tão grave, mas os pais sabem que ela ainda tem uma salvação. Enquanto a bebê tiver chances, os pais prometem não desistir. A salvação da menina seria passar por um tratamento no estrangeiro.

Publicidade
Publicidade

O problema é que esses tratamentos para doenças oncológicas podem ascender a valores próximos de meio milhão de euros (mais de dois mil reais), o que está sendo um entrave para os pais.

Na última semana, a pequena Luna também tinha comovido o país em torno de sua causa. A espera para angariar o dinheiro foi longa e a menina acabou morrendo, nas vésperas do Natal, também após anos de luta contra uma leucemia. Agora, é a pequena Matilde que está comovendo as pessoas. 

Deixaram emprego para cuidar da filha

Ter um filho doente pode ser um grande entrave para a estabilidade de um casal. E os pais de Matilde já tiveram que largar seus empregos, em Gondomar, no norte de Portugal, para poderem estar mais perto da filha, e também para cuidarem das outras filhas, com seis e oito anos. 

Matilde tem feito tratamentos de quimioterapia no Instituto Português de Oncologia (IPO), no Porto, mas desde outubro que parou os tratamentos.

Publicidade

Os pais foram informados que em Portugal não se pode fazer mais nada, e a única solução seria levar a menina para Inglaterra, Alemanha ou Estados Unidos. 

“O IPO diz que há muitos casos em que se consegue a cura [no estrangeiro]. Porque é que nesses países há tratamentos e em Portugal estas pessoas são casos perdidos?”, perguntou a mãe, Diana Costa, em declarações ao Jornal de Notícias. 

Pedido de ajuda pelo Facebook

Na rede social Facebook, #Família e amigos de Matilde estão se organizando para juntarem dinheiro para levar a menina para o estrangeiro. Com a página Matilde força da natureza viva, os pais estão pedindo ajuda para todos que possam contribuir para a causa da Matilde. 

"Se ela continuar a lutar, eu luto com ela. Há uma cura e eu vou atrás dela. Vou bater a todas as portas”, contou a mãe, sobre a menina que, de acordo com os médicos, já se salvou da morte por duas vezes. Os pais vão continuar lutando, enquanto existir uma chance de cura.  #Europa #sistema de saúde