Um grande susto para passageiros e tripulantes do voo da TAM JJ8065 que partiu de Madri, nesta segunda-feira, dia 14, com destino a São Paulo. O voo teve que retornar à capital da Espanha porque havia uma forte suspeita de bomba no avião.

O avião da TAM precisou pousar imediatamente no aeroporto de Barajas e a companhia aérea informou que todos os passageiros desembarcaram e passam bem, porém nenhuma informação sobre a bomba foi confirmada ainda.

O Boeing 777 tem capacidade para mais de 350 passageiros e o voo partiu de Madri às 21:10hs, pelo horário local. A previsão era que a chegada em Guarulhos fosse às 5:25hs. desta terça-feira (15).

Publicidade
Publicidade

O comunicado emitido pela TAM informa que a empresa foi notificada por autoridades espanholas sobre uma possível bomba a bordo da aeronave e que por isto o voo retornou imediatamente para Madri e que a companhia aérea está colaborando com as autoridades para que tudo possa ser esclarecido.

Para não haver pânico entre os passageiros, eles foram avisados que o avião apresentou um problema no GPS e por isto teria que retornar ao aeroporto de Madri. Somente depois que todos já haviam desembarcados e estavam em total segurança é que foram informados que o problema na verdade era uma suspeita de bomba.

Os passageiros ficaram assustados com o risco que poderiam correr, mas não houve pânico nem tumulto no local onde eles estavam ao deixarem a aeronave.

A companhia aérea está providenciando toda a assistência necessária aos passageiros que tentam comunicar com seus familiares e amigos aqui no Brasil para avisar que está tudo bem e tranquilizá-los.

Publicidade

Ainda não se sabe como as autoridades espanholas ficaram sabendo desta possível bomba ou se teria sido um trote. De qualquer forma foi tomada a decisão padrão para estes casos que é não se arriscar.

O voo imediatamente retornou ao seu ponto de partida e providenciou a retirada de todos os passageiros e funcionários da empresa para só ai, preparar uma investigação e também uma busca no interior do avião para tentar detectar a suposta bomba. #Terrorismo #Europa #Ataque