A determinação do bloqueio do aplicativo de conversação #WhatsApp no Brasil repercutiu no mundo inteiro. O assunto é o mais comentado atualmente na #Internet e já superou Eduardo Cunha e a Presidente Dilma Rousseff em interações no espaço web.

Mark Zuckerberg publicou uma postagem em seu Facebook lamentando a decisão do juiz brasileiro sobre o bloqueio do WhatsApp. Logo após o bloqueio do aplicativo no Brasil, o dono do Facebook e do WhatsApp, mundialmente conhecido, publicou em seu perfil no Facebook uma nota sobre o bloqueio do WhatsApp no Brasil.

O fundador e CEO da rede social mais famosa no mundo disse que o bloqueio atinge mais de 100 milhões de usuários no país, a nota foi publicada em inglês e português e já possui mais de 250 mil curtidas e mais de 80 mil compartilhamentos.

Publicidade
Publicidade

O dono do Facebook é um dos mais promissores empreendedores da era digital. Além da rede social mais famosa no mundo, Tumblr e Instagram fazem parte de seus recentes investimentos. O WhatsApp foi o maior negócio já realizado por Mark Zuckerberg. O Facebook comprou o aplicativo de conversação em fevereiro de 2014 por mais de 20 bilhões de dólares.

O americano ainda disse que se sente surpreso com a atitude do sistema judiciário brasileiro. Segundo sua postagem, a ação foi desencadeada após o aplicativo tentar proteger os dados pessoais de seus usuários. 

Zuckerberg sugere o aplicativo Messenger

Em sua postagem no Facebook, o dono do WhatsApp sugere aos usuários brasileiros a utilização do Facebook Messenger, outro aplicativo de conversação do empresário. O aplicativo continua operando normalmente e pode ser utilizado como opção para esses dois dias de bloqueio.

Publicidade

Mark ainda destacou a importância do país na discussão da internet livre de censura. Os usuários do WhatsApp em todo o país reclamam da ação judicial, que atinge todos os brasileiros durante quarenta e oito horas. 

No Facebook, Mark Zuckerberg pede ajuda aos brasileiros para que a situação seja revertida. Ele disse que hoje é 'um dia triste' para o país. A parte jurídica responsável pelo aplicativo está trabalhando para tentar reverter o processo de bloqueio. 

O CEO finaliza sua postagem com a utilização das hastags #ConectaBrasil #ConectaMundo e em inglês #ConnectBrazil e #ConnectTheWorld mobilizando todos os usuários do mundo em prol ao desbloqueio do WhatsApp no Brasil. #Justiça