Uma criança de apenas dois anos morreu devido ao naufrágio da embarcação onde seguia. A embarcação naufragou muito perto da costa grega, na ilha grega de Agathonisi. O alerta foi dado por pescadores.

A embarcação que naufragou transportava no total quarenta imigrantes que tentavam fugir dos conflitos e também das guerras que acontecem na Síria nos últimos tempos. Esses #Refugiados seguem em busca de uma vida com muito melhores condições em todos os níveis. De acordo com os dados recolhidos pela polícia marítima, dez desses quarenta imigrantes que seguiam numa embarcação que naufragou tiveram de ser imediatamente hospitalizados porque apanharam uma hipotermia enquanto esperavam pela ajuda. 

O alerta de socorro foi dado por alguns pescadores que decidiram avisar a polícia marítima e a guarda costeira.

Publicidade
Publicidade

Os pescadores conseguiram ainda resgatar uma mulher com vida, mas uma criança de 2 anos já estava morta quando os pescadores a encontraram. Logo em seguida, a guarda costeira decidiu enviar, com todas as precauções, um navio para prestar socorro aos refugiados que estavam precisando de imediata ajuda. Quando este navio chegou ao local onde a embarcação tinha naufragado, todos os tripulantes repararam que trinta e oito das quarenta pessoas tinham conseguido subir para cima das rochas para se abrigarem dos perigos do mar enquanto esperavam ajuda. 

Por outro lado, foi anunciado este domingo, dia 3 de janeiro, que a polícia marítima conseguiu resgatar com vida mais de 1800 migrantes (1810 mais precisamente) em cerca de apenas três meses. Foi possível o recolhimento desses dados pela polícia marítima porque está acontecendo uma operação com o nome de "Poseidon Sea 2015", que tem como principal objetivo controlar e vigiar ao máximo as fronteiras marítimas da Grécia para evitar crimes transfronteiriços, conforme dados anunciados pela polícia marítima.

Publicidade

Destes 1810 refugiados, 409 eram bebês e crianças e 381 eram mulheres. Foram realizadas, entre o dia 1 de outubro de 2015 e o dia 31 de dezembro do mesmo ano, 51 missões de busca e salvamento a migrantes que necessitaram de ajuda na longa "#Viagem" pelo mar Egeu. #Crise migratória