A demonstração de amor dos animais sempre surpreende os seres humanos, principalmente quando esse amor é uma lição de vida para a humanidade. Na Índia, após fortes chuvas que ocorreram nesse final de ano, vários locais estavam sofrendo com as enchentes. Em meio à destruição, uma cadelinha SRD decidiu enfrentar o perigo de ser carregada pela água para salvar os seus preciosos filhotes.

A cena foi filmada por moradores do local afetado. A cadela carregou pela boca cada um dos seus cinco filhotes e só ficou tranquila depois que os colocou em um local seguro e longe da água.

A atitude de amor de uma mãe por parte da cadelinha rodou o mundo e ganhou grande repercussão, principalmente entre os defensores de #Animais.

Publicidade
Publicidade

Assista um vídeo do salvamento:

Mesmo demonstrando tamanho amor em uma época em que as pessoas parecem não se importar mais umas com as outras, muitos animais ainda são vítimas de maus tratos em todo o mundo.

Recentemente foi divulgado um vídeo de um homem, no Brasil, que arrastou seu cachorro pela ruas. Detalhe: o cão estava amarrado em um carro e o carro em movimento. As imagens revoltaram internautas do Brasil e do mundo, uma vez que páginas de redes sociais e blogues de defensores dos animais acabaram compartilhando as imagens, que logo se tornaram conhecidas.

Um motorista que passava pelo bairro Los Angeles, em Campo Grande, viu a cena do cachorro arrastado em frente ao seu veículo e filmou com o celular, divulgando na internet. O motorista tentou avisar o suposto 'dono' do cãozinho, mas este deu com os braços e prosseguiu sua viagem, sem se importar com o sofrimento do pobre animal.

Publicidade

Após ser detido, o motorista confessou o ocorrido, mas disse que o cachorro já estava morto quando ele o amarrou, uma vez que havia sido atropelado.

O caso foi denunciado e a Delegacia Especializada de Repressão a Crimes Ambientais e Proteção ao Turista comunicou que o motorista foi autuado por maus tratos com uma multa de R$500 e mais R$5.00 por ter abandonado o corpo do animal em um terreno baldio. A multa de R$500 pode ser recorrida se o motorista provar que o cachorro realmente estava morto antes de ser arrastado.

A população está indignada e pediu justiça. Defensores têm ficado de olho nesses casos e tentam se unir para levar à justiça quem pratica maus tratos, da mesma forma, fazem campanhas online pedindo penas mais rígidas para quem colocar em risca a vida de animais, bem como vir a machucá-los ou matá-los.

O que você acha dessa situação contrastante:

De um lado, uma cadelinha lutando bravamente para salvar seus filhotes da enchente quando nenhum ser humano se dispôs a fazê-lo;

Do outro lado, um 'ser humano' arrastando um cachorro pelas ruas como se ele não significasse nada no mundo?

Deixe sua opinião nos comentários. #Crime #Chuvas Torrenciais