Amber Amour, 27, foi visitar um amigo, (de nome Nick), em um hotel para dar um recado. A jovem, depois de ser ‘abusada’ por um ex, publicou no Instagram como tudo aconteceu. Na ocasião, quando chegou ao local, a ativista se surpreendeu porque encontrou Shakir, outro jovem que já se relacionou amorosamente com ela em um passado. A garota ficou ainda mais surpresa após ouvir do seu ‘caso’ antigo que ele estava a fim de reviver o passado com ela. No entanto, a jovem negou o pedido afirmando que não estava disponível e já tinha uma pessoa para se relacionar, mas, Shakir insistiu e a seguiu quando Amber decidiu ir visitar outra amiga no mesmo local do hotel.

Publicidade
Publicidade

Na metade do caminho de um cômodo a outro, a jovem foi surpreendida pelo seu ex, que a convidou para irem tomar banho no banheiro do hotel. Ela aceitou. “Eu havia passado dois dias bastante doente na cama, e estava desejando muito tomar um banho com água fresca, aquele chuveiro tinha água fria. Depois de tanto tempo doente a coisa que eu mais queria era tomar um banho com água que não fosse quente, já estava muito enjoada de água quente, e ali a água era fria. Por isso eu aceitei o convite.” Disse em sua publicação a jovem ativista.

Quando os dois jovens entraram no banheiro, Shakir trancou a porta e começou a ficar agressivo. De acordo com Amber, o seu ex agiu de forma agressiva a encostando na parede e tirando a roupa dela para praticar o ato libidinoso com a jovem: “Ele ficou muito violento comigo, eu pedia para parar, mas ele não me ouvia, ele abusou de mim, foi terrível.” Continuou.

Publicidade

Logo após de ter sofrido aquilo, eu me vi na obrigação de contar para todos os meus seguidores, mesmo que as lágrimas estivessem caindo dos meus olhos, me senti na obrigação de contar isso para todos os meus fãs, inclusive as garotas que passam por esse tipo de situação.” Revelou a jovem ativista à revista Marie Claire.

O fato aconteceu na Cidade do Cabo, na África. Amber mora na cidade de Nova York, nos Estados Unidos, e estava de férias no continente africano para rever familiares e a terra natal. #Curiosidades #Violência #Internet