Repercute mundo afora o estranho caso envolvendo a morte de uma criança com apenas sete anos de idade. O fato ocorreu há dois meses na cidade de Girona, norte da Espanha. De acordo com as informações do jornal The Independent, o pequeno Caleb sofria de asma em uma noite durante um forte ataque o garoto não resistiu, vindo a óbito . Após o ocorrido o que o casal Bruce e Shrell Hopkins fizeram chega ser algo bizarro e nunca visto antes.

Segundo Enrique Barata, promotor que cuida do caso, após a morte do menino os pais perderam a noção da realidade recusando-se a aceitar a perda de Caleb. ''Eles viviam uma vida normal em torno do corpo''.

Publicidade
Publicidade

O caso foi descoberto quando o proprietário do apartamento em que a família vivia resolveu ir com a polícia até o local para averiguar o que estava acontecendo, uma vez que o mesmo já havia tentado entrar em contato com os moradores do local por várias vezes, mas todas acabaram sem sucesso.

O advogado de defesa do casal afirma que ambos passaram a ter consciência da perda após serem pegos em flagrante. A data e hora do óbito da criança só será confirmado pela perícia, já que os seus pais não sabem explicar como o fato ocorreu. Uma testemunha confirma ter visto o menino com vida em 15 de novembro de 2015, durante uma festinha de aniversário.

O casal foi indiciado por homicídio culposo e negligência se forem julgados poderão pegar mais de 10 anos de prisão. Ambos já estão detidos com pedido de prisão preventiva decretado pela justiça.

Publicidade

Agora terão que se explicar perante o juiz, por não terem levado a criança a uma unidade de Pronto Atendimento durante o ataque.

O advogado de defesa insiste na tese de que o pai do garoto tentou reanimar a criança com massagens cardíacas e respiração boca a boca, mas não sabe explicar o fato de os pais não terem ligado para a emergência e solicitado uma ambulância. O casal só poderá livrar-se da pena se a perícia confirmar que criança já estava morta no momento em que os seus pais a encontraram.

Segundo a imprensa, o casal tem mais  dois filhos, com idades entre 12 e 14 anos, ambos foram recolhidos pela assistência social. #Entretenimento #Curiosidades #Crime