O Campeonato Alemão está de luto depois das autoridades alemãs terem descoberto o corpo do jogador Steve Gohouri, que estava desaparecido desde o passado dia 11 de dezembro. Segundo informa o jornal “Daily Mirror”, o futebolista costa-marfinense foi encontrado sem vida no rio Reno na Alemanha, depois de ter desaparecido após um jantar de Natal entre os colegas do TSV Steinbach, a equipe onde o jogador estava atualmente jogando. Porém, a morte de Steve Gohouri é ainda mais misteriosa porque, após a descoberta do seu corpo, as autoridades verificaram que não haviam sinais nenhuns de violência ou confrontos físicos.

Depois dos atentados em Paris, a misteriosa morte do ex-jogador do Borussia de Monchengladbach, um dos melhores times da Bundesliga, faz com que todos os campeonatos profissionais alemães de futebol fiquem de luto, por causa da descoberta do corpo do jogador sem vida, boiando no rio Reno, depois de várias semanas de extensa investigação e procura por parte das autoridades.

Publicidade
Publicidade

O desaparecimento do jogador começou logo após o jantar de Natal do seu atual time, os TSV Steinbach. Sem avisar nada nem ninguém, a família do jogador, que aguardava seu regresso em Paris, para umas merecidas férias natalinas, começou ficando muito preocupada, acionando imediatamente a polícia, como garante o jornal “Daily Mirror”. Depois de vários dias de sofrimento e incerteza, a família soube agora que Steve Gohouri foi encontrado morto, um caso que parece ser um dos crimes mais misteriosos que envolve um atleta da Bundesliga.

Resta agora saber se as autoridades conseguem identificar se o atleta teria sido drogado momentos antes da sua morte, visto que seu corpo, pelo menos depois da primeira análise, não tinha sinais visíveis de violência física. O jogador de 34 anos jogou também no Wigan, time da Premier League, e começou sua carreira profissional no famoso e bem-sucedido clube parisiense, o Paris Saint- Germain.

Publicidade

As investigações prosseguem até que se consiga chegar a uma conclusão do que realmente motivou essa morte inesperada e horrenda. #Europa #Crime #Casos de polícia