A organização terrorista Estado Islâmico divulgou um vídeo em que mostra 5 homens, acusados de serem espiões a serviço do Reino Unido, sendo mortos com tiros na cabeça. Antes da execução, um garoto aparece na filmagem, aparentando ter 5 ou 6 anos de idade, usando uniforme militar e uma bandana do #Estado Islâmico. O menino diz para a câmera, em um inglês com sotaque britânico, que os “kuffar” (não crentes) serão mortos.

Os 5 homens assassinados se identificam no vídeo e dizem, inclusive, quais foram os “crimes” que cometeram, na visão da organização terrorista. Obviamente, não é possível saber se as acusações eram verídicas ou se os homens foram coagidos de alguma forma a se declararem culpados, como por exemplo, sob tortura.

Publicidade
Publicidade

São eles: Faisal Hammoud Al-Jaafar, 25 anos, acusado de divulgar imagens de combatentes terroristas e de um #Ataque, que ajudou as autoridades na identificação de criminosos; Mohammed Abdul Ghani Obay, 26 anos, acusado de obter imagens de membros do Estado Islâmico com uma câmera disfarçada de botão de camisa, e de ter filmado a placa de um carro com o intuito de ser localizado e bombardeado; Marwan Abdul Razzaq, 40 anos, que fotografou e filmou jihadistas; Ammar Mahmood Al-Jaafar, 30 anos, acusado de ser dono de um cyber café que foi usado para se obter imagens de um terrorista; e Mehyar Mahmood Al-Othman, 31 anos, também acusado de possuir um cyber café usado para espionagem, e por ter mantido contato com um homem que já havia sido morto previamente pelo Estado Islâmico, sendo alegadamente outro espião.

Publicidade

Jihadi Junior

Além das execuções, o que mais choca na nova filmagem divulgada pelo Estado Islâmico é uso de uma criança para fins de propaganda. O garoto foi apelidado pela imprensa internacional de Jihadi Junior. Suspeita-se que o menino seja filho da britânica Grace Khadijah Dare, que cresceu no sul de Londres, e que em 2014 postou uma foto no Twitter, de seu filho chamado Isa, segurando um rifle AK-47.

Uma outra hipótese levantada é a de que a criança possa ser um irmão mais novo de Isa, já que a semelhança com a foto postada no Twitter é muito grande. O pai do menino seria o sueco Abu Bakr, que teria se casado com Dare na Síria.

Grace já apareceu em um vídeo de propaganda do Estado Islâmico, pedindo para que os muçulmanos britânicos “deixassem de ser egoístas”, exortando-os a se juntarem à luta no Oriente Médio.

Assista a um vídeo que mostra trechos da filmagem divulgada:

#Terrorismo