A polêmica à volta do técnico Lopetegui, do FC Porto, está aumentando a cada dia que passa. Segundo informa o jornal “O Jogo”, o técnico espanhol vai continuar sendo o treinador do FC Porto mas apenas com uma condição: ter que ser campeão pelo time no final da temporada. Após várias derrotas e exibições consideradas fracas, a torcida portista está cada vez mais impaciente com o técnico espanhol, tendo já causado vários problemas junto ao Estádio do time para pedir a demissão imediata de Lopetegui.

Na verdade, há mais de um ano e meio do FC Porto, um time que tem uma torcida muito exigente, Lopetegui apenas esteve na frente do Campeonato Português por uma vez e apenas durante pouco mais de duas semanas, algo que está preocupando muito os portistas, que garantem que Lopetegui não sabe o que é o FC Porto e muito menos tem capacidades para seu o técnico de um time com um currículo tão rico.

Publicidade
Publicidade

Ainda assim, Pinto da Costa, presidente do FC Porto, juntamente com sua direção querem manter o plano inicial traçado para a presente época: ser campeões de Portugal. Tal como garante o jornal esportivo “O Jogo”, se esse objetivo não for cumprido, aí sim Lopetegui seria demitido de seu cargo imediatamente. Até lá, o clube, mesmo com a forte contestação de seus torcedores, quer manter a estrutura técnica até ao final dessa temporada, nem que para isso tenha de ignorar as vontades de seus sócios.

Nas redes sociais, essa decisão está surpreendo a maioria dos portistas que começam questionar até que ponto a direção do FC Porto, que tantas alegrias já deram a eles nos últimos anos, tem mais capacidade para levar o time às grandes conquistas, tal como fez no passado. Fora da Liga dos Campeões e em segundo no Campeonato Espanhol, Lopetegui terá que melhorar muito seu desempenho para conseguir reconquistar novamente a torcida, que cada vez menos apoia o time.

Publicidade

Será que com a nova janela de transferências de janeiro a entrada e saída de jogadores pode ser decisiva para um resto de temporada brilhante por parte do FC Porto? #Europa #Futebol Internacional