O fim de um relacionamento de longa data nem sempre é fácil, mas a situação pode ser ainda pior se a pessoa for abandonada no altar. Foi justamente isso que aconteceu com a britânica Katy Colins, que teve seu conto de fadas destruído em poucos segundos.

Ferida e decidida a não ficar trancada em casa sofrendo, Katy, que trabalhava com relações públicas em um aeroporto de Manchester, pediu demissão, vendeu sua casa e seu carro e caiu na estrada com uma passagem só de ida para a Tailândia.

Muitas pessoas achavam que Katy havia enlouquecido e que não se daria bem em seus novos planos, pois nunca havia viajado sozinha, mas tudo o que ela queria era um tempo longe de tudo e de todos para poder colocar a cabeça no lugar e se encontrar.

Publicidade
Publicidade

Depois de passar uma temporada na Tailândia rumou para outros países: Holanda, Brasil, Peru, Bolívia, Chile, França, Nepal e Índia. Suas aventuras e seu ‘renascimento’ eram contados por ela mesma em um blog pessoal, que aos poucos foi conseguindo leitores que se inspiravam em sua história.

A popularidade de Katy cresceu e um editor lhe contatou por telefone, convidando-a a contar a sua história em um livro, o que prontamente aceitou. A sua obra, como a própria Colins define, é uma espécie de ‘Bridget Jones mochileira’, onde ela decide não ficar trancada em casa chorando e comendo sorvete após uma decepção, mas vai mudar o humor e os rumos de sua vida explorando países completamente diferentes uns dos outros.

Atualmente Katy está com trinta anos e sente-se muito feliz por ser chamada de escritora.

Publicidade

Uma decepção serviu para que ela crescesse na vida e segundo Colins, ser chamada de ‘escritora’ não tem preço e ela se sente muito feliz por tudo o que tem acontecido em sua vida.

Katy é formada em jornalismo e sua volta por cima deve ter deixado muita gente surpresa, a começar pelo noivo que a abandonou. Além disso, de moça com o coração partido, ela se tornou uma referência de superação para outras pessoas que já viveram términos traumáticos de relacionamentos.

E você, o que faria se estivesse na mesma situação que Katy? Deixe a sua opinião nos comentários. #Curiosidades #Viagem #Comportamento