Em entrevista para o canal de televisão russo REN-TV, o ex-presidente russo Dmítri Medvedev teria respondido diversas questões sobre o fenômeno UFO. Em dado momento da entrevista acabou confirmando a veracidade da informação em que todo presidente russo, após sua posse, recebe uma pasta contendo informações confidencias sobre os OVNIS. Junto com o relatório recebe uma maleta contendo os códigos para o lançamento mísseis nucleares.

''O tema OVNI é mantido em segredo do público há muitos anos, as autoridades evitam falar no assunto por se tratar de um tema muito sério. Mas durante a década de 60, o entusiasta russo Felix Siegel, considerado por muitos como o ''pai'' da ufologia russa.

Publicidade
Publicidade

Teria cobrado as autoridades soviéticas para que realizassem uma investigação mais complexa sobre o fenômeno'' conclui Medvedev.

Na época o entusiasta realizou uma série de palestras para propor suas ideias e começou a despertar o interesses no assunto por parte da sociedade. A partir daí Siegel passou a contar com inúmeros colaboradores recebendo inúmeros relatos de avistamentos de. Um dos relatos mais surpreendentes aconteceu no ano de 1978, onde inúmeros moradores da cidade de Petrozavodsk teriam avistado um objeto luminoso no céu durante vários minutos. Naquele dia as linhas telefônicas da polícia chegaram ficar congestionadas devido ao grande numero de ligações.

Após causar grande repercussão no país. O então fundador da indústria soviética de usinas nucleares, Anatóli Aleksandrov teria enviado uma carta ao governo soviético pedindo para que não ignorassem mais o assunto e para que criassem um programa especial para estudarem do fenômeno OVNI.

Atendendo seu pedido em 1980, o governo soviético resolveu iniciar uma experiência para tentar atrair os OVNIS para participaram da experiência com dezenas de cientistas e militares de alta patente.

Publicidade

Na época o auge dos avistamentos concentrava-se próximo aos campos de testes de Astrakhan, região onde os soviéticos realizavam testes em armas como lançamento de mísseis entre outros.

De acordo com o relatório da KGB (serviço secreto da União Soviética), durante a experiência os soviéticos aprenderam como proceder para chamar os OVNIS. Uma das estratégias consistia no aumento da circulação dos aviões de guerra em áreas próximas aos avistamentos. Durante a operação inúmeras bolas de luzes apareciam e desapareciam a todo instante.

O relatório descreve ainda que na época alguns participantes da experiência tentaram fazer contato com os objetos. "Em solo um entusiasta começou a fazer sinais com as mãos, acenando duas vezes para a direita e outras três para a esquerda. A bola no céu seguia seus movimentos, movendo-se duas vezes à direita e outras três à esquerda. Ninguém sabia  explicar o fenômeno", declara Vassíli Eremenko ex-general russo. Na época militares e cientistas envolvidas na operação chegaram a três conclusões:

Hipótese 1: Os objetos eram fenômenos da natureza, os quais ainda não haviam sido explicados pela ciência.

Publicidade

Hipótese 2: Eram equipamentos de espionagem dos Estados Unidos.

Hipótese 3: Eram objetos tripulados vindos de outros mundos.  #Entretenimento #Curiosidades