Coimbra é a terceira maior cidade de Portugal, esta localizada a 200 quilômetros da capital Lisboa, e a 120 quilômetros do Porto, fica na região central de Portugal, aos pés do rio Mondego e abriga umas das universidades mais antigas do mundo: a Universidade de Coimbra no auge dos seus 725 anos. Apesar de ser uma cidade pequena, Coimbra é uma cidade muito agitada devido ao movimento de seus estudantes – que vem de todos os cantos do mundo -, e guarda em suas ruelas medievais uma vida noturna muito agitada que vale muito a pena ser visitada por quem visita Portugal. E justamente por ser uma cidade universitária é possível curtir a vida noturna coimbrense sem gastar muitos euros.

Publicidade
Publicidade

É no Largo da Sé Velha, na região da Alta que está localizado o coração boêmio coimbrense. É lá onde se concentram os bares mais antigos e típicos da cidade: quem vai à Coimbra não pode deixar de conhecê-los.

 

Guia dos bares baratinhos de Coimbra (lugares aonde é possível aproveitar e ser feliz com poucos euros)

No inicio da Rua Borges Carneiro (no Largo da Sé Velha) está situado o ‘Bigorna’, um bar com uma lista imensa de shots, o Bigorna é um lugar bem rock’n’roll, lá é possível achar um combo de 5 shots por 3 euros. Ao lado do Bigorna fica localizado o bar ‘Piano Negro’, um lugar pequeno, porém aconchegante e com uma decoração um tanto quanto pitoresca (há papéis colados por todas as partes, onde os frequentadores do bar deixam suas mensagens), o Piano Negro é o local certo para os admiradores do bom combo rock/blue/jazz, chegando lá peça um fino (o chopp português) ou uma sangria e curta o local.

Publicidade

Outro bar que o viajante não pode deixar de visitar em terras coimbrenses é ‘O Moelas Cocktail Bar’, o bar está localizado em umas das ruelas que saem do Largo da Sé Velha, bem no inicio da Rua Coutinhos, acredito que o maior tesouro do Moelas é seu ambiente agitado e o rei dos shots de Coimbra, o shot intitulado ‘kalashinikov’: uma mistura etílica muito louca que acompanha uma rodela de limão siciliano, um tipo de açúcar melado mascavo e fogo. Quem vai à Coimbra não pode deixar de dar uma passadinha no Moelas e provar o seu ‘shot kalashinikov’ – quem não fizer isso não aproveitará de verdade os encantos do pedaço de terra mais mágico de todo território português.   

Agora se você é o tipo de viajante que adora um lugar agitadíssimo e curte dançar: não deixe de passar pelo Cabido, e quando for não se esqueça de pedir o ‘shot pirulito’ ou a sangria de vodka. E para finalizar o tour pelos bares low cost de Coimbra dê uma passada no rústico e aconchegante ‘Rs Bar’, peça um fino e aproveite a noite. #Curiosidades #Viagem #Europa