Kevin tem apenas cinco anos, mas se transformou em uma espécie de pequeno herói na França. O menino enfrentou seus medos e pedalou sua bicicleta durante a noite para procurar ajuda para seu pai, que estava infartando sozinho em casa. O menino acabou encontrando ajuda, chamou a emergência, que chegou bem a tempo de salvar a vida do pai de Kevin-Djéné. Mas, poucos dias após essa história de heroísmo, Kevin voltou a ser notícia, seu pai morreu poucos dias após ser salvo do ataque cardíaco.

De acordo com a imprensa francesa, as causas da morte ainda não foram totalmente esclarecidas, mas está pairando a hipótese do homem, de 58 anos, ter cometido suicídio.

Publicidade
Publicidade

De acordo com o jornal francês Ouest-France que avançaram com a notícia nesta segunda-feira, dia 11 de janeiro, o homem estaria "psicologicamente muito fragilizado".

Como Kevin salvou seu pai

A história do pequeno Kevin está comovendo a França e o mundo, sobretudo após este final tão triste. "Kevin não merecia isso", escreveu um usuário do Facebook, comentando essa notícia. 

Kevin teria enfrentado a noite e a chuva quando montou sua bicicleta e saiu de casa para pedir ajuda. Em casa, ficava seu pai, sozinho, infartando. O menino pedalou na direção do trabalho de sua mãe. Acabou interceptado por um homem, que seguia dirigindo seu carro, mas parou para ajudar o menino e foi ele quem chamou a emergência para acudir o pai de Kevin, na quinta-feira da última semana. 

Bombeiros e paramédicos chegaram na casa do homem, em Saint-Pierre-la-Cour , em Mayenne, bem a tempo, e conseguiram salvar a vida do homem, graças à coragem da criança, que enfrentou todos seus medos quando viu o pai passando tão mal.

Publicidade

O doente foi transportado de ambulância para o hospital mais próximo, onde acabou se recuperando, saindo já no final da semana, de acordo com a imprensa francesa. Também a polícia esteve na casa na noite do infarto. 

Se desconhece ainda o que teria levado o homem à morte, em uma história comovente após o ato heroico do pequeno Kevin por amor a seu pai, que poderia ter colocado um ponto final na sua vida, pouco dias depois.  #Família #Europa