As tensões no Oriente médio não param de aumentar. Se de um lado todos têm o terrorismo como inimigo comum, agora surge um novo cenário na região mais conflituosa do mundo. Irã e Arábia Saudita entraram em conflito diplomático, ou seja, os países romperam relações e estão a um passo de entrarem em guerra.

O Iraque tentará mediar um acordo para que não haja agressão por nenhuma das partes. A notícia foi dada pelo próprio chanceler iraquiano. O curioso é que na década de 90, Irã e Iraque se enfrentaram em uma guerra que o mundo parou e viu líderes ditadores como Sadan Hussein chegarem ao poder em seus regimes totalitários. 

Em entrevista coletiva, o ministro iraquiano, junto a outra autoridade do governo, anunciaram que os iraquianos seriam responsáveis por mediar um acordo entre as partes, a fim de que se evite uma possível guerra no continente.

Publicidade
Publicidade

A entrevista foi dada ao vivo na televisão estatal do Irã. Durante a entrevista, o líder iraniano aproveitou para alfinetar a Arábia Saudita, dizendo que "criar tensão não é sinal de poder, e sim de fraqueza".

A #Crise diplomática

A crise diplomática teve início quando os líderes sauditas executaram o clérigo e líder xiita Nimr Baqir al-Nimr, que era um importante crítico do regime saudita e líder de movimentos religiosos. Juntamente ao xiita, outras 46 pessoas foram condenadas a morte, tendo sido acusadas de serem terroristas.

Imediatamente após notificarem a execução do xiita, os árabes xiitas iniciaram uma sequência de protestos, que culminou no #Ataque a embaixada da Arábia Saudita em Teerã, onde 40 pessoas foram presas. Assim que houve o ataque a embaixada saudita localizada no Irã, os embaixadores e diplomatas foram retirados às pressas do local e iniciou-se a ruptura diplomática entre os países.

Publicidade

Esse relacionamento conflituoso ainda afetou a aviação, 150 voos que seguiriam do Irã para a Arábia Saudita foram cancelados. Esses voos transportam milhares de peregrinos todos os meses, que, por motivos religiosos, visitam as cidades históricas da região. #Curiosidades