Um policial de folga trafegava por Burton-upon-Trent, no Reino Unido quando estranhou uma criança caminhando sozinha pela rua quase deserta. O policial então parou o carro e perguntou onde a mãe da menina estava e ela disse que ela estava dormindo.

O policial desconfiou que algo estava errado e questionou a resposta da menina, que por sua vez, afirmou que não conseguiu acordar a ‘mamãe’ para levá-la à escola.

A menina levou o agente até a sua casa e lá encontrou Nicolla Rushton, de trinta anos, desacordada. Paramédicos foram chamados, mas nada pôde ser feito, pois Nicolla já estava sem vida.

A causa do óbito de Nicolla ainda é desconhecido e a polícia local abriu um inquérito para descobrir o que de fato houve.

Publicidade
Publicidade

Ainda não se trabalha com a hipótese de um homicídio, mas somente após os exames poderão chegar à um veredito.

O chefe de polícia Steve Maskrey, elogiou a atitude do agente; que não teve o nome divulgado pela imprensa local; pela sua atitude, que não ignorou o fato de uma criança estar sozinha e foi averiguar o que tinha acontecido. Maskrey concluiu que esse fato prova que os agentes policiais nunca estão de folga de verdade, pois estão sempre prontos para servir.

A criança está sob os cuidados de seus familiares.

Inteligência infantil

Outro caso envolvendo uma criança ocorreu recentemente, mas ela não perdeu um familiar: perdeu o braço. Scarlette foi diagnosticada com um câncer e passou por uma amputação quando ainda tinha dez meses de vida. Agora, com dois anos, sua mãe decidiu que a família devia adotar um animal de estimação.

Publicidade

Foi então que levou Scarlette até um abrigo para escolher o mascote da família. Incrivelmente, Scarlet apontou para um gatinho rejeitado, do qual funcionários do abrigo acreditavam que nunca seria adotado, e deixou claro para a mãe que “era ele”. O motivo: o gatinho também não tinha um braço.

A mãe conta que foi instantâneo quando a filha viu o gato, como se ela notasse a luta do gatinho para se readaptar e lutar pela vida, identificando-se com o animal. Assim como Scarlet, Doc lutou pela vida bravamente quando sofreu um acidente de trânsito e precisou amputar uma patinha. Hoje os dois são muito amigos e os internautas se derretem com as fotos dos dois juntos. Clique aqui para conhecer a história de Scarlette e Doc.

O que você achou da coragem dessas garotinhas? Deixe a sua opinião comentando a notícia. #Viral #Comportamento #Casos de polícia