James Rodríguez tentou justificar porque fugiu das autoridades no dia 1º de janeiro, a 200km/h, garantindo que pensou que estava sendo vítima de um sequestro. Como informa o jornal esportivo “Record” o jovem jogador do Real Madrid conseguiu fugir das autoridades a toda a velocidade pelo centro de Madri, ignorando várias vezes as ordens policiais para encostar a viatura. James garante que, assim como acontece na Colômbia, pensou que um grupo de criminosos estava se fazendo passar por policiais para conseguir roubar o carro e o jogador.

Como acontece nos filmes de ação em Hollywood, James Rodríguez conseguiu despistar um carro da polícia espanhola, porém o jogador enfrenta agora graves problemas com a justiça.

Publicidade
Publicidade

Após ter conseguido chegar ao centro de treinamentos do Real Madrid sem ter sido “apanhado”, James Rodríguez já teve que enfrentar alguns interrogatórios com os agentes envolvidos para se tentar entender o que realmente aconteceu, como garante o jornal “Record”.

Apesar de ainda nada ser certo, o risco do jogador do Real Madrid ir a tribunal por causa desse incidente ainda é elevado e, nesses casos, as punições mais comuns, caso se prove que no carro não havia qualquer tipo de objetos ilegais, é proibição de conduzir por um longo período de tempo. Segundo a imprensa internacional, James teria dito primeiro que não ouviu as ordens policiais porque estava ouvindo música alta, mas depois revelou que temia que iria ser assaltado.

James Rodríguez se desculpou e explicou  que na Colômbia, país natal do craque do Real Madrid, acontece muitas vezes esses casos de roubo e de vandalismo, temendo que estivesse sendo vítima de exatamente o mesmo em Madri, apesar de não ser uma ação comum na capital espanhola.

Publicidade

Agora, além de estar enfrentando dificuldades dentro dos gramados, James Rodríguez tem que lutar para que não seja gravemente punido, até a um ponto que possa prejudicar sua brilhante e ainda promissora carreira de futebolista. Cristiano Ronaldo já brincou com o atleta no último treinamento do Real Madrid. #Europa #Casos de polícia