Se depender dos fãs de David Bowie, sua imagem será eternizada nas notas de 20 libras. O cantor britânico morreu dia 10 de janeiro, aos 69 anos. Bowie lutava contra um câncer havia 18 meses. Contudo, o artista já havia se afastado dos holofotes deste 2004, quando passou por uma cirurgia cardíaca de emergência. Sua última aparição ao vivo foi em 2006 num show em Nova York.

Uma petição, que já conta com mais de 12 mil assinaturas (a meta é 15 mil), visará propor ao governo britânico que coloque o rosto de David Bowie na cédula de 20 libras. O pedido seria uma forma de homenagear o cantor, que tem milhares de fãs espalhados pelo mundo, a ilustrar uma cédula oficial.

Publicidade
Publicidade

A atual cédula de 20 libras é estampada pelo economista Adam Smith, mas o lançamento de uma nova estampa está para ser lançada este ano sem qualquer decisão de quem aparecerá nela. Para os fãs, esta é uma excelente oportunidade de lembrar Bowie e eternizá-lo na memória.

Relembre a carreira de David Bowie

A trajetória musical de David Bowie foi intensa, saltou à fama em 1969 quando lançou "Space Oddity", um hit que contava a história de Major Tom, um astronauta que se perdeu no espaço.

Já em 1972, lançou o disco "The rise and fall of Ziggy Stardust and the spiders from Mars", que contava a irreverente história do personagem Ziggy Stardust, um extraterrestre bissexual andrógino.

Bowie não tinha só talento nato para a #Música (conhecido como um dos professores do glam rock), mas construiu uma carreira de ator, atuando no filme "O homem que caiu na terra (1976)", de Nicolas Roeg.

Publicidade

Na década de 80, David participou de uma temporada de três meses na Brodway, atuando como "O homem elefante".

Músico, ator, produtor, fonográfico e um dos ícones do mundo da moda - uma tendência que passava aos fãs a originalidade de provocar com seus enfeites e a brincar com a própria imagem.

Em 2006, afastado desde 2004 por problemas de saúde, Bowie fez uma aparição surpresa e surpreendente em um concerto de David Gilmour (Pink Floyd), no Royal Albert Hall, em Londres.

Em 2012, Bowie volta com o sucesso "Where Are We Now?, dois meses depois o tom de rock é avivado no novo álbum "The Next Day". Os últimos projetos de Davd Bowie acompanham os créditos de "The Last Panthers", uma comédia musical apresentada na televisão franco-britânica ou algumas contribuições que realizou no último álbum "The Arcade Fire".

Dois dias antes de morrer e ao completar 69 anos (8 de janeiro), Bowie lançou o último álbum de sua vida "Blackstar". Este foi o 25º projeto do artista. Ao longo de toda sua brilhante trajetória musical, Bowie vendeu aproximadamente 136 milhões de discos no mundo todo. Sua influência pode ser percebida em outros artistas, como Goove Armada, Marilyn Manson e tantos outros.