Foi desenvolvida uma nova pílula com o intuito de ajudar as pessoas a se alimentar corretamente, mantendo a melhor #Dieta possível. O estudo e desenvolvimento da “pílula inteligente” ocorreu no Instituto Real de Tecnologia de Melbourne, que fica na Austrália.

O objetivo da pílula é fazer a medição dos gases diretamente onde são produzidos, dentro do intestino, e enviar relatórios atualizados em tempo real para os médicos do paciente. Antes da existência desse medicamento, o jeito era ter uma consulta com um gastroenterologista para realizar testes com os gases provenientes da sua respiração. O problema é que esse método não fornece dados apurados sobre a real situação em que se encontra o sistema digestório do paciente.

Publicidade
Publicidade

Os testes efetuados com porcos já mostraram resultados promissores. Uma grande dúvida por parte dos pesquisadores gira em torno da relação entre o consumo de alimentos com fibra e o teor de fibra dentro do intestino. O coordenador do projeto de desenvolvimento da pílula, Prof. Kourosh Kalantar-Zadeh explicou que: "O hidrogênio é um sinal de fermentação e nós esperamos vê-lo mais em dietas de alto consumo de fibras. No entanto, o porco que comeu poucas fibras produziu mais hidrogênio na parte inferior do intestino" A partir dessa afirmação, agora sabemos que as pessoas com síndrome do intestino irritável devem comer alimentos com mais fibras para que produza menos fibras no interior do próprio intestino.

Outra grande preocupação é o Câncer de Cólon, doença ligada aos problemas intestinais.

Publicidade

Com as pesquisas em torno da nova “pílula inteligente”, acredita-se que será possível combater esse tipo de câncer com mais consistência. Além disso, também teremos uma noção maior sobre qual alimento cada pessoa deve ingerir. Atualmente, a maior parte das dietas são desenvolvidas de forma genérica, para abranger a todas as pessoas, mas já faz muito tempo que se sabe que uma pessoa pode precisar de mais proteínas, enquanto outra pode precisar de mais carboidratos e outra mais fibras. Com a pílula, poderemos saber exatamente o que cada um precisa.

Vamos ficar na expectativa do desenvolvimento da pílula que pode nos tornar pessoas muito mais saudáveis e até ajudar a economizar, afinal, saberemos exatamente aquilo que precisamos comprar para nos alimentar corretamente. #Alimentação Saudável