Muitas vezes a realidade pode superar a ficção. Que o diga Ricardo Medina Junior, de 36 anos, conhecido mundialmente por ter feito o Power Ranger Vermelho na saga de super heróis. Ele foi preso nesta quinta-feira, 14. De acordo com informações do The New York Times, Ricardo está sendo investigado por supostamente assassinar um colega de quarto em janeiro do ano passado. O Power Ranger teria matado o amigo com uma espada. Os motivos do crise são divergentes. 

O escritório que cuida do caso do ator soltou um comunicado nesta sexta-feira, 15. Localizado em Los Angeles, o escritório diz que acredita que Ricardo possa sair em breve da cadeia, desde que pague uma fiança com valor exorbitante, cerca de um milhão de dólares.

Publicidade
Publicidade

O advogado principal do caso, Allen Bell, diz que seu cliente é inocente e confia que ele não só será solto como também não vai ser condenado. 

Allen lembrou que seu cliente já havia sido preso pela acusação do mundo. De acordo com ele, não surgiram novos fatos na investigação. "Ele é tão inocente agora quanto foi no passado", disse o profissional da #Justiça à um site americano. O advogado, no entanto, tem pela demora na sentença do caso. Ele diz que como já se passou um ano, tudo fica mais complicado, já que as lembranças mudam e as testemunhas não são capazes, por exemplo, de lembrar de detalhes importantes da cena do #Crime. Com isso, criam-se falsas lembranças e a situação pode acabar sendo alterada. 

Ricardo Medina Junior será julgado no próximo  dia 19. Caso condenado, ele pode passar até 26 anos na cadeia em regime fechado.

Publicidade

O caso tem mobilizado à imprensa americana. 

A suposta vítima do crime é Josha Sutter. O ator é acusado de enfiar uma espada no companheiro de quarto. A arma teria perfurado o estômago do homem. O instrumento usado no crime estava localizado atrás da porta do dormitório dos dois rapazes. Testemunhas garantem que os dois discutiram e por isso, ele foi preso, como único suspeito da morte de Josha. Depois de matar o amigo, o Power Ranger ligou para a polícia e disse que tudo foi um acidente.  #EUA