José Mourinho vai ter que se apresentar em tribunal para se defender no caso com Eva Carneiro, antiga médica do Chelsea que pode ter sido demitida por causa do técnico português. Segundo informa o site “Notícias ao Minuto”, a médica, atualmente desempregada, não chegou a acordo amigável com o Chelsea e por esse motivo, nessa quarta-feira, dia 6, seus representantes entraram com um processo contra José Mourinho e o Chelsea. Eva Carneiro acusa Mourinho de ter discriminado sexualmente a médica no início da atual temporada.

Depois de ter sido demitido do Chelsea e estar tendo muitas dificuldades para arranjar uma colocação em um novo clube, José Mourinho vai ter lutar para defender seu bom nome em tribunal.

Publicidade
Publicidade

Em causa está um episódio que envolve o técnico com Eva Mendes, depois de Mourinho ter perdido a cabeça com a médica, quando ela invadiu o gramado contra as ordens do ex-treinador do Chelsea.

A partir desse momento, Eva Carneiro foi afastada do clube, depois de vários anos de ligação, algo que revoltou a média que, imediatamente depois de ter sido demitida, sem razão aparente, informou que iria entrar com um processo contra Mourinho e o Chelsea, que terá aceitado suas ordens, tal como fez nessa quarta-feira. Mourinho e o clube terão que se apresentar em tribunal, segundo informa o site “Notícias ao Minuto”, no final da presente temporada, ou seja, no próximo mês de junho.

Apesar de não se saber todos os contornos do processo, José Mourinho está seguramente enfrentando fortes acusações relacionadas com discriminação social no local de trabalho, algo que é altamente punível no Reino Unido, que não tolera esse tipo de comportamentos.

Publicidade

No acordo amigável que Eva Carneiro estava tentando chegar até hoje, dia 6, a médica pedia uma indenização e o retorno ao Chelsea imediatamente, algo que não agradou ao time, preferindo assim enfrentar os representantes da ex-funcionária em tribunal nos próximos meses, exatamente o que vai acontecer com José Mourinho, que ainda está procurando trabalho. #Justiça #Europa #Investigação Criminal