A missão Apollo 10, lançada apenas 2 meses antes da histórica missão Apollo 11, se deparou com algo que ficou oculto durante muito tempo pela NASA e que deixou os astronautas a bordo da espaçonave amedrontados. A revelação foi feita neste domingo, dia 21 de fevereiro, pelo canal a cabo Discovery Science, e é parte de um documentário intitulado “Arquivos Inexplicáveis da NASA”.

Toda vez que uma nave entra na órbita da Lua e se encontra localizada em sua face oculta, todas as comunicações via rádio com a Terra são completamente interrompidas devido ao bloqueio natural que se configura. Durante este período, os astronautas deveriam escutar apenas “silêncio”, e, portanto, foi com um choque que os integrantes da Apollo 10, Tom Stafford, Eugene Cernan e John Young ouviram, durante praticamente uma hora, sons agudos e inexplicáveis, algo como uma música, em seus fones de ouvido.

Publicidade
Publicidade

Assim como os astronautas não podiam ouvir nada proveniente da Terra durante a travessia da face oculta da Lua, os controladores da missão também não sabiam o que acontecia dentro da nave. Após a Apollo 10 sair de trás do satélite da natural Terra, as comunicações foram retomadas, mas durante o período de aparente silêncio, tudo foi registrado, e o que se percebe é que os astronautas ficaram realmente assustados, chegando a perguntar entre si se deveriam comunicar ou não o acontecimento ao centro de controle.

Arquivamento e revelação

Após a missão retornar à Terra e terminar com sucesso, os registros de áudio foram transcritos e arquivados, e a NASA não comentou nada publicamente. A agência espacial americana tornou estes registros secretos, que só se tornaram públicos em 2008.

O áudio gravado revela que os astronautas estavam realmente perturbados ao ouvirem aquela “música”, e indagaram entre si:

“Isso soa, sabe, como um tipo de música do espaço exterior.”

“Você ouviu isso? Esse som sibilante? Whoooooooo!”

“Bem, com certeza é uma música estranha!”

Momentos antes de as comunicações serem restabelecidas com a Terra, os tripulantes da Apollo 10 comentam o que deveriam fazer:

"É inacreditável! Você sabe?"

"Devemos dizer a eles (ao controle da missão) sobre isso?"

"Eu não sei.

Publicidade

Temos que pensar a respeito."

A NASA afirmou no programa do Discovery Science que o som não era de origem extraterrestre ou alienígena, e sugeriu que a “música” se tratava apenas de interferência entre os rádios do módulo de comando e do módulo lunar da Apollo 10. No entanto, o astronauta Al Worden, em entrevista ao mesmo programa, contestou a teoria: “A lógica me diz que se algo foi registrado ali (na Lua), deve haver algo ali.”

Assista a um vídeo que mostra o ocorrido. O áudio estranho se encontra a partir dos 2 minutos e 5 segundos de execução:

#Curiosidades #EUA