Inesperadamente esta documentação classificada como altamente secreta veio à luz recentemente e revela episódios chocantes do envolvimento alienígena com humanos. Estes documentos da agência de inteligência civil do governo dos Estados Unidos  C.I.A. e consiste em um catálogo  que detalha nos mínimos detalhes encontro com os Discos Voadores.

Os documentos datam de 1952 e descrevem minuciosamente a complexidade das naves alienígenas e de como elas conseguem se movimentarem rapidamente no espaço. Estes apócrifos estão sendo  considerados mais intrigantes e não menos importantes desde o acidente em Roswell que ocorreu na noite do dia 02 de julho de 1947 no Novo México.

Publicidade
Publicidade

Testemunho alemão em documento norte americano

Pode parecer estranho em um documento altamente secreto de uma agencia norte americana do porte da C.I.A. conter uma afirmação de um político alemão, justamente poucos anos após o encerramento da 2ª Guerra Mundial. Mas tudo indica que sim. O testemunho foi de Oskar Linke, o ex-prefeito da cidade alemã de Gleimershausen que jura ter contatado dois seres trajando roupas metálicas que estavam em pé próximo a uma espaçonave.

 Linke depôs que não percebeu quando os dois seres entram na nave, mas descreve o tal objeto como sendo gigantesco. Segundo ele e sua filha que estava ao seu lado e presenciou tudo, a nave subiu rapidamente horizontalmente e tão pronto ganhou altura voou por cima da floresta próxima em direção a cidade vizinha. Segundo consta no relato da C.I.A.

Publicidade

ele foi até o local onde  nave decolara e se deparou com uma marca côncava no solo com o formato de uma torre. Neste mesmo dossiê consta que neste mesmo dia outras testemunhas afirmam terem avistado um objeto similar a um cometa voando no céu daquela região alemã.

Entretanto, não só é apenas a C.I.A. que tem seus segredos revelados, o FBI também admite a existência de fenômenos inexplicáveis e revela que estamos sendo visitados por seres de outras dimensões e da existência de várias raças extraterrestres. #Comunicação #EUA #Intercâmbio