A empresa de biotecnologia indiana está desenvolvendo uma vacina conta o #Zika Vírus, que já contaminou milhões de pessoas na América Latina, que está presente nos Estados Unidos e Europa e tem o potencial de se espalhar rapidamente e de forma desgovernada por todo o mudo. A empresa divulgou que tem dois candidatos para a experiência.            

Embora o potencial do vírus seja de fato alarmante, ele não tem muitas consequências para humanos adultos. A maioria daqueles que se infectam sequer apresentam sintomas, ou, se o fazem, têm uma leve febre com vermelhidão na pele e se recuperam em poucos dias. O que tem chamado a atenção de todo o mundo são as consequências que o vírus traz a fetos em formação na barriga das mães, notadamente a síndrome que se chama de microcefalia.

Publicidade
Publicidade

Avanços da empresa

A empresa Bharat Biotech tomou a dianteira de todo o mercado farmacêutico quando começou a estudar e investigar formas de combater o vírus, ainda em novembro de 2014. O atual surto de Zika se originou no Brasil a partir de abril de 2015. Uma das representantes da empresa reportou ao site de notícias Quartz: "Nós não esperávamos que o vírus fosse se tornar um problema tão importante".

Há duas formas de prevenir o vírus por meio da vacina, segundo a farmacêutica. Uma das vacinas usa o DNA do próprio vírus. Embora vacinas baseadas nesse modelo de recombinação de DNA sejam mais fáceis de elaborar, elas nem sempre têm um resultado muito eficiente.  A outra vacina se baseia no vírus inativo. Ou seja, quando inserido no sistema imunológico, o vírus não é capaz de se replicar e assim não causa infecção.

Publicidade

Especialistas acreditam que essa vacina tem melhores condições de derrotar o surto do Zika vírus. 

Embora as notícias sejam sem dúvida boas, ainda não é claro quando esta nova vacina estará no mercado. Testes em animais ainda serão começados daqui a cinco meses; em seguida a vacina teria de ser testada em humanos também. 

A doença é transmitida pela mordida do mosquito Aedes que, tanto na Índia como no Brasil, há em abundância.  #sistema de saúde