Em sua proposta orçamentária para 2017, o presidente Barack Obama demonstra uma preocupação com a segurança digital dos Estados Unidos em decorrência da cada vez mais constante ameaça representada pelos ciberataques, tanto contra o governo quanto contra empresas norte-americanas, a exemplo da Sony Pictures.

Para tanto, Obama deseja aumentar em US$ 5 bilhões o orçamento atual para a área de cibersegurança, alcançando o patamar de US$ 19 bilhões. Dentro desse valor, prevê-se um gasto de US$ 3 bilhões para modernizar os sistemas das agências estatais norte-americanas.

A respeito do tema, o presidente utilizou os videogames como analogia em declaração ao periódico The Wall Street Journal: “Não é segredo que, com frequência, a tecnologia do governo é como um Atari no meio de um mundo XBOX”, afirmou.

Publicidade
Publicidade

Como exemplo, ele citou a Administração da Segurança Social, que utiliza "sistemas e códigos da década de 1960".

Além do pedido de orçamento maior, Obama também instituiu a criação de um conselho permanente dedicado a cuidar da segurança digital. Ele será composto por 12 membros e terá como foco fazer recomendações para os setores público e privado. #EUA