No Brasil, muitos acreditam que uma das causas da vinda do zika vírus para nosso país é a presença de vários turistas durante a Copa do Mundo de 2014, inclusive das áreas mais contaminadas do vírus, como África e Ásia.

Já no primeiro semestre de 2015 foram confirmados casos de contaminação pelo #Zika Vírus, com as evidências de que ele está relacionado com casos mais graves como microcefalia congênita e síndrome de Guillain-Barré, que incrivelmente são doenças raras, porém, vêm aparecendo com frequência absurda.

Vírus zika maior que ebola

Segundo o jornal britânico The Guardian, o surto do zika vírus pode ser uma ameaça muito maior do que a epidemia de #Ebola, que causou mais de 11 mil mortes no continente africano, o qual também vem sendo um dos mais atingidos pelo vírus.

Publicidade
Publicidade

Segundo estudiosos, grande parte dos portadores da doença são assintomáticos, o que significa que são pessoas que não sentem os sintomas, o que dificulta mais ainda a eliminação do vírus, sendo o maior grupo de risco as mulheres gestantes.

A grande diferença entre o vírus zika e o ebola é que o vírus não foi tão estudado quanto o caso ebola, sendo que caso seja criada uma vacina para combater o vírus, ela terá de ser testada em mulheres grávidas, o que se torna um risco. Tal medida pode ser considerada absurda para muitos, mas necessárias para outros.

Sintomas

Os sintomas do zika vírus são febre, dor nas articulações e músculos, conjuntivite e manchas vermelhas na pele. A doença é transmitida pelo mesmo mosquito da dengue, e os sintomas normalmente surgem 10 dias após a picada.

O zika vírus não é contagioso, e por isso não passa de uma pessoa para outra.

Publicidade

A única forma de pegar esta doença é sendo picado pelo mosquito. No entanto, se um mosquito que não tem o zika vírus picar uma pessoa que está com zika, ele é contaminado e começa a passar a doença para outras pessoas através de sua picada.

Cuidados básicos necessários para prevenção 

A prevenção é a mesma com os casos de dengue, uma vez que o mosquito transmissor é o mesmo, sendo assim o cuidado deve ser redobrado, evitando água parada, colocando areia nos vasos, utilizando-se de repelentes e telas de proteção para janelas e portas. #Medicina