Virginia MacLaurin emocionou milhões de internautas por todo o mundo nesta segunda-feira ao conhecer pela primeira vez um presidente negro, Barack Obama, e a sua esposa, a Primeira Dama, Michelle Obama. A idosa, nascida em Washington, disse que já havia passado por muitas histórias na América: das duas guerras mundiais, assassinato de Martin Luther King e o direito das mulheres votarem, por exemplo. No entanto, está vivendo algo que tinha em mente em nunca acontecer: um presidente e uma primeira-dama negros comandando os Estados Unidos.

Aceita pelo presidenciável para uma visita, Virgínia entrou na Casa Branca acompanhada de uma bengala, e, com a feição bastante feliz, abriu um longo sorriso ao ver o presidente e a sua mulher a esperando.

Publicidade
Publicidade

Logo foi abraçada por Michele, (que revelou mais uma vez os seus dotes no ramo da dança). "Estou tão feliz. Um presidente negro. Uma primeira-dama negra. [...]”, disse a idosa aos dois. Após isso, em um gesto de muita simpatia, Barack pegou nas mãos de sua ilustre visita e dançou com ela, ali mesmo.

Nas redes sociais, o perfil da Casa Branca fez postagem perguntando qual seria o segredo para conseguir dançar já nos seus 106 anos. Esse encontro da idosa negra com o presidente negro e a sua primeira-dama, aconteceu motivada pela comemoração americana do mês de celebração da herança afroamericana. A comemoração na Casa Branca rendeu algumas centenas de milhares de compartilhamento e mais de meio milhão de curtidas.

Com essa idade, muitos olhares se impressionaram, no entanto, não é a primeira vez que Virgínia atrai os olhares do povo.

Publicidade

Recentemente a idosa chamou a atenção de todos quando revelou que trabalha 40 horas por dia como voluntária em uma escola. Lá, ela ajuda crianças que têm deficiências mentais e motoras, em Washington.

Porém, a poucos anos atrás, Virgínia passou por uma situação complicada. Na época, a idosa havia perdido quase todos os móveis do apartamento para onde se mudou, em Washington. Muitos percevejos invadiram a sua residência e deterioraram os seus móveis. Isso ocasionou a perda desses pertences, o que a fez passar a dormir em um colchão de água. No entanto, após uma campanha em rede social pelos seus amigos, Virgínia conseguiu, através de duas empresas de desinfestação, resolver o seu problema.   #Curiosidades #EUA